Jardim Bartira: moradores ficaram dois dias sem água. (Crédito: Claudinho Coradini/JP)

Desde a manhã da última quinta-feira (13) os moradores do bairro Jardim Bartira ficaram com o fornecimento de água interrompido. Moradores relatam que contataram o Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) na quinta-feira e foram informados de obra em uma bomba e que a previsão de volta da água era até às 22h daquele dia. Porém a água que voltou por volta das 21h estava “suja e barrenta” e o fornecimento foi interrompido novamente.


O motorista Carlos Roberto da Silva, 47, morador da rua Adolfo Alberto Nardy de Vasconcellos, conta que o corte da água não foi informado aos moradores e que, até a tarde de sexta-feira (14), após o novo corte, não havia sido informado a eles uma previsão de retorno do fornecimento. “Disseram que quebrou uma tubulação porque a água veio com muita força e estão tentando consertar, mas não deram previsão”, relata.


Silva conta que a família está economizando ao máximo a água que ainda tem na caixa d’água de casa, mas que a água barrenta que chegou às casas na quinta-feira à noite entrou na caixa d’água da casa dele também. “Ontem chegou barrenta e sujou até a [água] da caixa, estamos na espera, está meio complicado”, afirma.


De acordo com o Semae, “ocorreram dois vazamentos distintos no bairro Bartira, um no começo da manhã de ontem [quinta-feira], foi realizada a manutenção, à noite houve outro rompimento de rede”, traz nota.


A pasta informou também que equipes trabalhavam no local e a normalização do abastecimento estava prevista para ontem às 18h.
A reportagem questionou se havia garantia de que a água voltaria limpa e se haveria ressarcimento pela água barrenta que sujou as caixas d’água, mas o Semae não se pronunciou a respeito desses pontos.

Andressa Mota

[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × quatro =