Moradores relatam problemas com obra inacabada

Via é um dos principais acessos ao núcleo habitacional. Foto: Claudinho Coradini/JP

Moradores da comunidade da Portelinha, em Piracicaba, se queixam dos transtornos em uma das principais vias de acesso do núcleo habitacional. A Viela 2, como é conhecida entre os moradores, foi asfaltada em apenas metade da extensão. A melhoria foi feita no primeiro semestre do ano passado.

Desde então teve início uma série de transtornos causados, principalmente, pelas águas das chuvas. De acordo com a auxiliar de limpeza, Adriana Gonçalves de Jesus, quando chove, a via fica inundada e os bueiros existentes não dão vazão à enxurrada, que acaba invadindo as casas.

Ela contou que foram feitas várias ligações à prefeitura e envio de fotos e vídeos do problema, mas até o momento nenhuma medida foi tomada pela administração.

Adriana disse que teve a casa garagem de sua casa invadida pela enxurrada. Ela contou que a casa nao foi tomada pelas aguas porque esta localizada em um ponto alto do terreno, mas que outros moradores sofreram prejuizos.

A prefeitura informou ontem que está concluindo os estudos de mais uma etapa que inclui a conclusão desta rua da comunidade. “A Semob (Secretaria Municipal de Obras) está alinhando com os demais envolvidos (secretarias, autarquias e empresas municipais) o reparo da infraestrutura existente, já que ela apresenta problemas”, informou em nota.

De acordo com relatório da Emdhap (Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional de Piracicaba), o número de moradias/famílias na comunidade Portelinha é de 1.000, o que representa cerca de 3.300 pessoas morando no local.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

16 − 10 =