Morre comerciante atingida com 14 facadas pelo ex em Santa Bárbara

Giane Elizabete Dias da Silva tinha 52 anos (Reprodução Facebook)

A comerciante Giane Elizabete Dias da Silva, de 52 anos, morreu após ficar 12 dias internada, na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Hospital Santa Bárbara, em Santa Bárbara d’Oeste. Ela foi atingida com 14 facadas pelo ex-companheiro, o comerciante José Ribamar de Moraes Rego, o Ribas, 59 anos. Durante o tempo em que permaneceu internada, a família e amigos usaram as redes sociais para pedirem orações. Giane deixou a UTI e foi transferida para o quarto, onde ficou alguns dias, mas sofreu novas complicações no pulmão, segundo amigos. O caso foi registrado como feminicídio e causou grande repercussão na região.  O sepultamento está marcado para às 15h30 desta sexta-feira (16), no Cemitério da Paz, em Santa Bárbara d’Oeste.

O crime, ocorreu em 3 de abril, na lanchonete da família, na Avenida Tiradentes. O casal estava separado há alguns meses. No dia do crime, Ribas retornou ao estabelecimento alegando que traria um ovo de páscoa para o filho de casal, de 12 anos, quando passou a atingi-la seguidas vezes. A vítima foi socorrida ao Pronto-Socorro Dr. Edson Mano, mas transferida ao hospital em decorrência da gravidade dos ferimentos.

No mesmo dia, Ribas se entregou em uma base da Polícia Militar da cidade e na ocasião foi autuado em flagrante sob acusação de tentativa de homicídio e seria levado no dia seguinte à Cadeia de Sumaré, mas durante a madrugada do dia seguinte, ele foi encontrado morto na cela. Ele teria se enforcado com a própria camisa e meias.

REDES SOCIAIS

O casal de comerciante era tradicional na cidade. Tanto Giane como Ribas sempre estavam cercados de amigos. Nas redes sociais centenas de amigos deixaram mensagens de condolências. Um amigo de Giane há 25 anos escreveu “Eu não tenho palavras, só tristeza, como dói saber que você se foi assim. Como a gente orou meu Deus!”, disse o amigo. Em outro trecho fala sobre a comerciante sofreu pela morte do primeiro filho, mas conseguiu dar a volta por cima com altos e baixos. Mas agora estava novamente feliz depois da chegada do segundo filho, que teve com o Ribas. “Hoje, peço a Deus que te receba de braços abertos, que os anjos te acolham com todo amor e carinho que você merece”, finaliza o amigo.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

13 + dez =