Morre Oriel, ‘o incrível’ centroavante do XV da década de 1980

Oriel fez o gol da última vitória do XV no Pacaembu, em 1980 (Foto: Acervo Rocha Neto)

O XV de Piracicaba lamentou o falecimento, aos 60 anos, de Oriel José Bernardes Marcolino, ex-centroavante do clube, ocorrido no início da tarde do último domingo (17), em Piracicaba. Oriel, “o incrível”, como ficou conhecido pelas suas atuações e gols marcados nas duas passagens que teve pelo Nhô Quim, entre 1979 a 1982 e 1985, nasceu em Minas Gerais e iniciou a carreira no Valério Doce de Itabira-MG.

Oriel, que teve rápida passagem pelo Santos, em 1978, vestiu ainda as cores de Bandeirantes-PR, Marcílio Dias-SC, Pinhalense, União Barbarense, Paulista e Barretos. Após encerrar a carreira, foi treinador da base quinzista e fixou residência em Piracicaba. Em 2019, Oriel recebeu voto de congratulações dos vereadores Laércio Trevisan Jr. (PL) e Capitão Gomes (PP). O requerimento 519/2019 foi votado em urgência e aprovado na 38ª reunião ordinária.




MARCANTE
Uma das partidas memoráveis de Oriel com a camisa quinzista foi pelo Paulistão de 1980, mais precisamente no dia 25 de maio daquele ano. O então centroavante do Nhô Quim fez o gol da vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians de Zé Maria, Biro-Biro, Sócrates e companhia, em pleno Pacaembu. O Alvinegro Piracicabano, comandado pelo técnico Arizona, foi a campo com Pizeli; Alan, China, Ademir e Márcio Gomes; Vadinho, Fio e Rogério; Ronaldo, Oriel e Zé Luiz. Aquela foi, inclusive, a última vitória do Nhô Quim no Pacaembu, que completou 80 anos no mês passado.