Mortes por covid-19 em Piracicaba superam a soma de seis países africanos

Santa Casa de Piracicaba recebeu cinco novos respiradores (Foto: Divulgação)

O total de mortes por covid-19 em Piracicaba é superior à soma dos óbitos registrados em seis países africanos. Ontem, a cidade chegou à marca de 66 vítimas fatais e 1.533 infectados pela doença provocada pelo novo coronavírus.

De acordo com os dados do site Worldometers, que divulga a situação da pandemia em todo o mundo, os países Moçambique, Ruanda, Uganda, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Congo totalizam 65 mortes por covid-19.

Já o número de infectados nessas nações africanas varia de 662 (Moçambique) a 883 (Congo).

Piracicaba registra ainda 800 casos suspeitos, 2.792 descartados, 521 pessoas em tratamento e 946 pacientes recuperados.

SITUAÇÃO NO ESTADO
Nesta quinta-feira o Estado de São Paulo registrou 11.846 óbitos e 192.628 casos confirmados do novo coronavírus.

Entre as pessoas diagnosticadas com a covid-19, 35.419 foram internadas, curadas e tiveram alta hospitalar.

Dos 645 municípios paulistas, houve pelo menos uma pessoa infectada em 586 cidades, sendo 326 com um ou mais óbitos.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) são de 71,3% na Grande São Paulo e 67% no Estado. O número de pacientes internados é de 14.041, sendo 8.620 em enfermaria e 5.421 em unidades de terapia intensiva.

Pelo segundo dia seguido, a plataforma E-SUS, onde os municípios registram os casos confirmados, apresentou instabilidade e parcela significativa de casos destes dois dias será contabilizada tão logo haja estabilidade do sistema, segundo informou o Governo do Estado.

MAIS RESPIRADORES
A estrutura montada pela Santa Casa de Piracicaba exclusivamente para receber e tratar pacientes com a covid-19 ganhou reforço com cinco respiradores mecânicos que a instituição recebeu na última terça-feira.

A entrega dos equipamentos foi feita pela Secretaria de Estado da Saúde, com apoio da Prefeitura de Piracicaba, a pedido do médico infectologista Hamilton Bonilha de Moraes, diretor da DRS-10 (Direção Regional de Saúde) e coordenador do SCIH (Serviço de Controle de Infecção Hospitalar) da Santa Casa.

“Os equipamentos complementam a estrutura hospitalar e concedem maior apoio ao trabalho das equipes multidisciplinares destinadas para atuar especificamente junto aos pacientes portadores da doença”, explicou Bonilha.

Segundo ele, a Santa Casa destinou um andar inteiro e um total de 18 leitos de UTI para a covid-19 no segundo andar do Hospital Santa Isabel e na pediatria Menino Jesus para internações dos casos mais graves, além de espaço próprio para as primeiras consultas e manutenção do processo de monitorizarão dos pacientes que permanecem em tratamento domiciliar.

“A retaguarda e apoio mantidos pela Mesa Diretora e Administrativa da Santa Casa permitiu montar estruturas especiais contra o Covid, sem utilizar os 55 leitos de UTI que a Instituição já mantinha antes da pandemia em suas duas UTIs Adulto, UTI Cardiológica, UTI Neonatal e UTIs Pediátricas”, disse.

O provedor João Orlando Pavão revela que, desde o início da pandemia, o Estado já recebeu 2.360 respiradores e distribuiu 1.567 para unidades hospitalares de 60 municípios, ampliando o atendimento às pessoas atendidas pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

MAIS MORTES NO PAÍS
O Brasil teve 1.238 novas mortes registradas em função da covid-19 registrados nas últimas 24h, de acordo com atualização do Ministério da Saúde divulgada ontem. Com esses acréscimos às estatísticas, o país chegou a 47.748 falecimentos em função da pandemia do novo cornavírus.

O balanço da pasta contabilizou também 22.765 novos casos da doença, totalizando 978.142.

A atualização diária traz um aumento de 2,6% no número de óbitos em relação a ontem, quando o total estava em 46.510. Já o acréscimo de casos confirmados marcou uma variação de 2,3% sobre o número de ontem, quando os dados do Ministério da Saúde registravam 955.377 pessoas infectadas. Do total, 448.292 estão em observação, 482.102 foram recuperados e 2.982 mortes estão em investigação.

Beto Silva

2 COMENTÁRIOS

  1. Supera nada a mãe de um amigo meu não morreu de civid-19 E colocaram na certidão de óbito que ela tinha o covid19 Então se for analisar bem nem a metade desses números são do vírus e uma palhaçada e um desrespeito com as famílias que não pode nem fazer um velório digno para seus entes queridos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

treze − um =