Motociclista morre após colidir com árvore

Vítima foi socorrida ao HFC (Divulgação)

Um motociclista de 19 anos morreu após bater sua motocicleta em uma árvore, no bairro Pauliceia, na noite da terça-feira (11). O rapaz chegou a ser levado ao Hospital Fornecedores de Cana, mas não resistiu. As circunstâncias sobre o acidente serão apuradas posteriormente pela Polícia Civil. O sepultamento de Sattolo está previsto para às 9h desta quinta-feira (13), no Cemitério da Vila Rezende.

Segundo o boletim de ocorrência, o acidente aconteceu às 20h52. Populares teriam informado à Polícia Militar que o rapaz pilotava sua motocicleta na rua Dona Anésia, quando teria perdido o controle de seu veículo e bateu em uma árvore, na esquina com a avenida Raposo Tavares.

A vítima , que estava em estado grave, foi socorrida pelo Samu. O pintor chegou a ser levado ao Hospital Fornecedores de Cana, mas morreu às 22h50. O corpo do jovem foi removido ao IML (Instituto Médico Legal) para a realização de exame necroscópico para confirmar a causa da morte e somente posteriormente foi liberado aos responsáveis para providenciarem o sepultamento.

O boletim de ocorrência foi registrado no plantão policial pelo delegado Airton Jaguanharo Correa. A motocicleta do jovem foi apreendida no pátio de veículos, pois a polícia não localizou nenhum familiar para proceder a entrega do veículo. Sattolo morava no Monte Cristo.

OUTRO CASO

Um homem morreu e uma mulher ficou ferida após outro acidente, que ocorreu no dia 25 de janeiro deste ano, após um capotamento na Rodovia Geraldo de Barros (SP-304), no sentido a Águas de São Pedro. Os socorristas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionados, mas constataram que o homem já estava morto.

Na época, a Polícia Militar Rodoviária informou que uma das duas faixas foi bloqueada para o atendimento às vítimas, mas liberada cerca de uma hora depois do acidente.

Cristiani Azanha

[email protected]