Motorista, suspeito de embriaguez, quase é linchado por moradores

Carro do motorista foi danificado com tijolos (Amanda Vieira/JP)

Um motorista de 49 anos, suspeito de embriaguez quase foi linchado por moradores, após bater seu veículo, na parede de uma residência e em outro carro perto do local, onde as crianças brincavam na rua, no Monte Líbano, na noite de domingo (21). O homem se negou a fazer o teste do bafômetro.

Os policiais chegaram ao local e teriam localizado o motorista sentado na calçada. Assim que os policiais se aproximaram, ele teria resistido à abordagem. O motorista também não quis fazer o teste o bafômetro. Em seguida, alguns moradores participaram para cima do motorista, na tentativa de agredi-lo, mas foram impedidos pelos policiais.

No entanto, o carro do motorista foi atingido por tijolos. Alguns vidros do veículo foram quebrados.

O motorista também não quis ser socorrido pela equipe Resgate do Corpo de Bombeiros.

Enquanto o motorista estava sendo conduzido ao plantão policial, ele mais uma vez teria desacatado os PMs. O carro dele foi apreendido administrativamente pela polícia e levado ao pátio de veículos do município.

O delegado plantonista Mario Bortoleto Torina solicitou que fosse realizada o exame de sangue para a comprovação de que o motorista estivesse sob efeito de álcool.

De acordo com o delegado, o motorista permaneceu calado e apenas disse que se manifestaria em juízo, após consultar um advogado.

O boletim de ocorrência foi registrado como embriaguez ao volante, mas a comprovação do indiciamento do motorista depende do resultado da análise dos peritos do IC (Instituto de Criminalística). O laudo deverá ficar pronto no período de 30 dias.

O caso será apurado posteriormente pelos policiais civis do 3º Distrito Policial. Quatro pessoas que estavam nas imediações foram identificados pela Polícia Militar como testemunhas e deverão prestar depoimento nos próximos dias.



Cristiani Azanha

[email protected]