Trabalhador foi levado à Santa Casa (Claudinho Coradini/JP)

O MPT (Ministério Público do Trabalho) e o TRT-15 (Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região) destinaram verba no valor de R$ 37.499 mil à Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba. O repasse dos recursos é uma forma de contribuir para o enfrentamento da Covid-19, que já faz 16 vítimas na cidade.

De acordo com as informações do MPT, o montante advém de um processo trabalhista movido pelo Sindicato dos Empregados no Comércio de Piracicaba contra uma empresa varejista do ramo de brinquedos, no qual o MPT atuou como fiscal da lei.

Além desta destinação, segundo o órgão, o MPT e o TRT-15 destinaram outros R$ 130 mil à mesma instituição de saúde, na semana passada, porém nos autos de uma ação civil pública ajuizada pelo próprio Ministério Público do Trabalho contra uma instituição de ensino superior da cidade de Piracicaba.

Segundo o MPT, a verba deve ser utilizada para aquisição de EPIs (equipamentos de proteção individual) aos profissionais de saúde ou outras necessidades decorrentes do combate à pandemia de coronavírus na Santa Casa.

O MPT e a Justiça do Trabalho já destinaram cerca de R$ 220 milhões em todo o país para o enfrentamento da Covid-19, com o objetivo de melhor estruturar os hospitais, unidades de saúde e centros de pesquisa no enfrentamento da Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × 4 =