MP realiza vistoria em fazenda com búfalos abandonados

Voluntários se revezam nos cuidados com os animais (Divulgação)

A Promotoria de Justiça de Brotas e veterinária integrante do CAEx (Centro de Apoio à Execução) do MP-SP (Ministério Público de São Paulo realizaram, anteontem (29) visita à fazenda onde centenas de búfalos vinham sido mantidos em situação de abandono. A partir da inspeção, o CAEx elaborará laudo técnico sobre a situação dos animais sobreviventes, verificando a possibilidade de adotar medidas urgentes com o objetivo de preservar a vida deles.

De acordo com a promotora de Justiça Luciana Ross Gobbi Beneti, o laudo técnico irá subsidiar o MP-SP em suas atuações criminais e cíveis, visto que há ações em andamento. Extrajudicialmente, o documento servirá para auxiliar na mensuração do dano ambiental causado pela morte de dezenas de búfalos, além de outras finalidades que entender pertinentes para a instrução da investigação em andamento.

Animais já estão ficando dóceis (Divulgação)

O CASO

O fazendeiro, proprietário de centenas de búfalos localizados em situação de maus-tratos, em Brotas, recebeu na última sexta-feira (26), a terceira multa da Polícia Militar Ambiental. Desta vez, ele foi penalizado em R$ 517 mil, após ser acusado de danificar uma área de 17 hectares de área de APP (Área de Preservação Permanente), que foi pisoteada pelos búfalos.

No total, ele já foi multado em 3,9 milhões pela corporação por maus-tratos a centenas de animais em situação de maus-tratos. A protetora piracicabana Thaty Freitas, que participa do grupo de voluntários estima que os trabalhos de reabilitação dos animais deve durar cerca de quatro meses.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 + 14 =