Mulher alega que esfaqueou marido porque se cansou das agressões

Faca usada no crime foi apreendida (Divulgação/PM)

Atualizado em 19/07/2021 às 22h28

Uma mulher de 38 anos foi presa anteontem (18) à noite, no bairro São Jorge, acusada de esfaquear o pescoço do marido, que tem a mesma idade. O homem foi atingido no pescoço e socorrido em estado grave para a Santa Casa de Piracicaba. O casal tem um bebê de 8 meses, que foi levado pelo Conselho Tutelar. A acusada responderá em liberdade por tentativa de homicídio após ser apresentada à audiência de custódia. Ela alegou que feriu o companheiro porque estava cansada das agressões e ameaças. A faca com manchas de sangue foi apreendida pela Polícia Militar.

Segundo o boletim de ocorrência, por volta das 21h30, os policiais estiveram no local e teriam localizado várias pessoas ao redor do homem que estava deitado na calçada, esfaqueado no pescoço e com muito sangue. A equipe de Resgate dos bombeiros iniciou os primeiros socorros para, em seguida, levar a vítima ao hospital, onde permanecia internado até a tarde de ontem (19).
Os peritos do IC (Instituto de Criminalística) também estiveram na casa da vítima para realizarem o levantamento sobre as circunstâncias desta tentativa de homicídio.

Os policiais civis foram informados pelo médico que atendeu a vítima, que o ferimento foi gravíssimo, pois houve o comprometimento vascular arterial.

EM LIBERDADE
O delegado plantonista Mário Bortoleto Torina considerou que o caso não se trata de legítima defesa, pois “não havia agressão injusta atual ou iminente que justificasse um golpe de faca no pescoço. Ademais, o estado da vítima, é grave a ponto de justificar a tipificação como tentativa de homicídio”.

O delegado chegou a pedir na Justiça que a prisão fosse convertida em provisória, mas a mulher foi beneficiada a responder o crime em liberdade, após ser levada à audiência de custódia.

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dois + 3 =