Mulher é presa acusada de matar o companheiro

Abordagem foi realizada pela PM (Arquivo)

Uma mulher de 32 anos foi presa, acusada de matar o companheiro, João Francisco Tartaglia, 65 anos, na residência da família, no bairro São Cristóvão, em Rio das Pedras, ontem de manhã. A acusada teria alegado que o companheiro havia tentado agredi-la e por isso empurrou-o da escada e ele caiu batendo a cabeça ao chão. No entanto, somente depois da entrada do primo do companheiro na casa, ele foi levado ao pronto-socorro da cidade, mas já estava morto. A esposa foi presa pela PM e levada à delegacia, onde foi autuada em flagrante por homicídio doloso. A causa da morte será confirmada após exame necroscópico.

De acordo com a PM, vizinhos teriam confessado ter ouvido uma discussão entre eles. O primo da vítima esteve na casa, pouco tempo depois, mas ela disse que ele não estava. O primo foi embora e retornou horas depois. Dessa vez, a mulher alegou que o companheiro estava dormindo. O primo aproveitou que o portão estava encostado, entrou na casa e encontrou a vítima caída no quintal perto de um sofá. Somente depois que entrou na casa, a mulher ficou em pânico e chorou.

A vítima foi levada ao pronto-socorro. O médico constatou que ele tinha uma mancha escura no pescoço, além de ferimentos no tórax e cabeça. Alegou ainda que o corpo estava gelado, o que levanta a hipótese de que já morto há algum tempo.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

15 − 3 =