Mulheres vencem barreira na hora da denúncia

Foto: Alessandro Maschio/JP

Vítima acredita que fez a escolha certa

Apesar das tentativas de conscientizar as mulheres vítimas de violência na hora de denunciar seus agressores, esse momento não é fácil. Muitas vieram de relacionamentos abusos ou foram molestadas. Depois de tudo isso, ter que entrar em uma delegacia para contar seus piores “pesadelos” para uma desconhecida não é fácil. Pois, a vítima mais uma vez precisa reviver o que certamente não gostaria mais de lembrar.

Mês passado foi sancionada, a Lei 14.245, conhecida como Mariana Ferrer, que prevê punição para atos contra a dignidade de vítimas de violência sexual e das testemunhas do processo durante julgamentos.

Uma vítima de estupro ouvida pelo Jornal de Piracicaba disse que primeiro venceu o medo de contar para a família e depois tomou coragem para denunciar.

“É um sentimento muito ruim que fica, hoje faço terapia, consigo falar sobre isso, antes só chorava”, desabafou a vítima.

A mulher afirmou que todo esforço valeu a pena, pois soube que ele foi preso e identificado em outros crimes.

Cristiani Azanha
[email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

três + 16 =