Museus Prudente de Moraes e Luiz de Queiroz estão com exposições abertas

Foto: Divulgação

No Prudente, artistas piracicabanos ganham sala própria; Esalq trabalha sustentabilidade

Obras de artistas piracicabanos passarão a ter um espaço exclusivo para exposição no Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes. Dentro do projeto ‘Propagando Arte’, uma parceria com a Apap (Associação Piracicabana dos Artistas Plásticos), abre hoje (terça-feira) a primeira mostra com trabalhos de membros da associação. O intuito é o de fazer exposições mensais no espaço cultural localizado na região central da cidade.

Com visitação aberta ao público e entrada franca, o museu está aberto de terça à sexta-feira, das 9h às 17h, e, aos sábados e feriados, das 10h às 14h. Na primeira mostra da Apap no Prudente serão expostas obras dos artistas Carlos Valério, Celito Bonette, Gracia Nepomuceno, Margarete Zenero e Silvia Dionízio. A exposição está instalada em uma sala do museu ambientada com móveis dos séculos 19 e 20, integrando assim as obras ao espaço histórico.

A exposição com a associação segue até o dia 31 de maio com objetivo de contribuir para a divulgação dos trabalhos e da arte em geral. O presidente da Apap, Odair Demarchi, comemora a parceria com o museu.

“O artista precisa mostrar o seu trabalho e ter essa troca de energia. É até uma questão de cura frente à loucura da pandemia [de covid-19]. Além dessa importância, avalio como interessante um museu histórico ter artistas piracicabanos mostrando o seu trabalho. Assim, a parceria é de grande valia dentro de uma retomada para o setor”, diz Demarchi. A proposta da parceira passou por votação dentro da Apap, que aceitou por unanimidade a ocupação do espaço cultural. Atualmente, a associação conta com cerca de 50 membros. Não há comercialização das obras no museu.

NA ESALQ
Está aberta ao público também a partir de hoje (dia 26) a exposição ‘Sustentabilidade: do discurso à ação!’. No Museu Luiz de Queiroz, da Esalq/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo), a atividade integra a 20ª Semana Nacional de Museus. Aberta até 22 de maio, com visitação entre 8h e 17h, o foco é o de trabalhar com a conscientização ambiental. Divida em três ambientes, o destaque é para um projeto de casa sustentável, com possibilidades de aplicação de gestão de resíduos. Neste local são apresentadas ações como minhocário, forno solar e a circulação de livros usados em trocas.

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

4 + 8 =