Na linha de frente ou não, todos os profissionais da saúde serão priorizados na vacinação

Foto: Claudinho Coradini/JP

Das 58 mil pessoas que integram grupo prioritário para receber a vacina contra a covid-19 em Piracicaba, 12 mil são profissionais da saúde. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, todos os profissionais desse setor constam no número previsto para receber a imunização na primeira etapa da campanha de vacinação.


Questionada pela reportagem do Jornal de Piracicaba se profissionais da saúde desempregados ou que não atuam em hospitais, como psicólogos e terapeutas, a Secretaria de Estado de Saúde afirmou que “todos os profissionais de saúde serão vacinados”.


A reportagem questionou ainda a forma de comprovação de que a pessoa é um profissional da saúde ou se haverá convocação nominal, mas a pasta estadual informou que ainda não tem essas informações definidas.


O levantamento do número de pessoas que compõem o grupo prioritário para a imunização, segundo a SMS (Secretaria Municipal de Saúde), foi enviado para a pasta municipal pelo Ministério da Saúde.

LEIA MAIS:


A campanha de vacinação contra a covid-19 no Estado tem previsão de começar em 25 de janeiro. A Coronavac aguarda parecer da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) desde a última sexta-feira (8).

Para receber, armazenar e aplicar as doses a Saúde de Piracicaba adquire 13 refrigeradores para a estocagem das vacinas. Segundo a SMS, três já foram adquiridas e outras 10 estão sendo compradas. Ao todo, a cidade conta com 69 salas de vacina na rede de atenção básica da saúde.

“ Todos esses postos de saúde contam com infraestrutura de armazenamento e profissionais (enfermeiras e técnica de enfermagem) devidamente capacitados para a vacinação contra a covid-19”, informou a pasta municipal.


A logística e distribuição da vacina será feita pela VE (Vigilância Epidemiológica). Idosos acamados inscritos na rede pública vão ser vacinados em casa por meio da equipe do PAD (Programa de Assistência Domiciliar). Haverá ainda equipes vacinando idosos em lares de longa permanência e presídios.


Segundo a SMS, também será realizado vacinação em sistema drive thru, “com local e data ainda a serem definidos”, disse em nota.

Andressa Mota

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezessete − 16 =