Na toada do in

Incerto continua sendo o futuro, pois a única coisa que é certa é que se morre.

Tudo no campo do ser vivo, tem nascimento, desenvolvimento e morte. Os ciclos se repetem.

Inseguro é quase tudo proposto, restando apenas as noções de planejamento para que sejam diminuídos os riscos, dentro de um cronograma de tempo e operações.

Insuficiente são todas as informações, por muito que sejam, para garantir o sucesso dos nossos empreendimentos pois, o erro humano está presente em todas as atitudes mentais e operacionais do mundo moderno.

Inconstitucional são as operações que não obedecem a constituição das leis vigentes e do respeito às instituições, que não devam ser praticadas, para que não se dê um tiro no pé invalidando aquilo que se propõe realizar.

Intolerância é não aceitar as coisas como elas são. O mundo da diversidade está presente em tudo confrontando com aquilo que é igual. O igual é aceito como uma forma de não se condenar, pois o que é igual a você deverá ser defendido por você, para que o resultado não o atinja se for ruim.

Intempestivo é o aparecimento de coisas ou pronunciamentos fora do tempo, fora do assunto. Dessa forma a colocação daquilo que for proposto, não vai vingar e não terá a oportunidade de ser considerado.

Informal é tudo que estiver fora das regras ou das formas, e possa ser agraciado pela espontaneidade trazendo a sensação agradável das liberdades que o ser humano possa produzir.

Indignado é toda vez que nos detemos diante de um espanto pequeno ou grande chocando o estado do nosso equilíbrio formado por nossa vida por meio do viver em família e viver em sociedade, formadas pela aprendizagem e cultura na qual estamos envoltos, e que cerceiam as liberdades e nos prejudicam.

Indigesto é o que colocado em nosso organismo, não sendo aceito tanto no campo biológico ou mental. O organismo automaticamente reage não elaborando o trabalho de absorver o que está sendo oferecido. Há uma repulsa levando a um estado doentio, afetando até as emoções.

Insano é o estado em que o ser humano não encontra no seu estado natural, mas sim desequilibrado mental ou fisicamente acometido por doenças surgidas do viver.

Inconformado é quanto alguma coisa posta para a nossa análise, não está de acordo com o que pensamos ou fazemos, trazendo um mal estar devido a impotência de impedir que aquilo foi posto diante do nosso ser e não conseguimos eliminá-lo.

Insatisfeito diante de quaisquer oportunidades de exercer a vida, não sentir as plenitudes dos atos com resposta aos desejos propostos inicialmente.

Independente é a sensação que temos em conseguir a nossa autonomia e autossuficiência, não dependendo de ajudas para complementar o seu ser.

Inverídico é quando a verdade é negada por meio da falta de capacidade para torná-la real, não podendo se consumar a justiça.

Indiferente é o que você não deve ser às coisas que você não concorda, pois a aceitação da indiferença prejudica o aparecimento da verdade dando oportunidade a mentira.

Imponderável é tudo o que não temos como nos proteger, diante daquilo que não conhecemos e que pode acontecer.

Injustiça. Como nem tudo que é certo é justo não queremos que aconteça nenhuma injustiça aos nossos leitores, para que se sintam sempre sadios e equilibrados na natureza.