Na véspera do aniversário de 107 anos, XV vence a Inter de Limeira no Barão

XV volta a vencer a Inter, agora em Limeira Foto: Elcio Fabretti

O XV de Piracicaba venceu a Inter de Limeira por 2 a 0, na tarde de sábado (14), um dia antes de seu aniversário de 107 anos. Os gols do presente do XV foram de Cleiton Savedra, no primeiro tempo, e Tito, na etapa final. Com o resultado, o Nhô Quim segue com 100% de aproveitamento na Copa Paulista, com três vitórias em três jogos e a liderança isolada do Grupo 3, com nove pontos. O Nhô Quim pode confirmar sua classificação na próxima rodada.

Após um começo de jogo truncado, O XV chutou ao gol pela primeira vez aos 6 minutos. Cleiton Savedra recebeu do meio e cruzou para Jonathan, na outra lateral. O atleta cortou para o meio e chutou, mas a bola saiu por cima. Quatro minutos depois, Tito recebeu passe de Gustavo Hebling no meio, conduziu, entrou na área e bateu forte, obrigando Vinicius Lopes a mandar para escanteio.

Aos 14 minutos, Vinicius defendeu a cabeçada de Douglas Marques após cruzamento de Jonathan, mas o lance já estava parado por impedimento. A Inter respondeu com cruzamento de Daniel Vançan para Hugo, mas Vítor Prada defendeu sem dar rebote. Um minuto depois, Vítor Braga bateu falta perigosa, que passou a centímetros do gol quinzista. O Nhô Quim tentou responder com Savedra, mas o chute foi por cima do gol.

O XV ameaçou aos 21 minutos, após Jajá lançar Tito quase de frente para o goleiro, Mas o defensor limeirense chegou antes. Dois minutos depois, Jonathan bateu falta perigosa da intermediária, o goleiro desviou e a bola bateu no travessão, na sequência Cleiton Savedra pegou o rebote. A bola bateu no travessão e entrou para o gol, colocando o Nhô Quim a frente do placar.

Após a pausa para hidratação, o jogo ficou truncado principalmente no meio de campo, com poucas chegadas de ambos os times. Nas jogadas mais perigosas criadas neste período, tanto o XV quanto a Inter de Limeira erraram o último passe. Nos acréscimos, Alessandro pegou de chapa e tentou mandar no ângulo de Vítor Prada, mas o chute saiu sem direção.

Na volta do intervalo, a Inter de Limeira assustou logo no primeiro minuto com Alessandro, que recebeu a bola e chutou forte e rasteiro, com Vitor fazendo uma bela defesa. No escanteio, Vançam cruzou para Pero do Rio, mas Vitor Prada defendeu. No rebote o mesmo Pedro marcou o gol, mas o lance foi parado por falta do atacante no zagueiro Muriel.

Aos 19 minutos, Pedro do Rio dominou, cortou e bateu cruzado e rasteiro, obrigando Vítor Prada a realizar uma excelente defesa para evitar o placar. Quatro minutos depois, Vinicius Pedalada tentou empatar de falta, mas a bola saiu por cima do gol. No lance seguinte, Alessandro bateu fraco e Vitor defendeu sem dificuldades. Aos 26 minutos, Roger Bernardo chutou para o gol, mas Vitor Prada agarrou firme.

Assim como no primeiro tempo, os times diminuíram o ritmo ofensivo e aumentaram as marcações. Aos 46 minutos, o XV fechou o placar com o atacante Tito, que dominou, foi levando a bola até dentro da área, no qual chutou rasteiro, para vencer o goleiro Vinicius Lopes, e dar seu presente de aniversário para o Nhô Quim. No minuto seguinte, A Inter tentou diminuir, mas o peixinho dos limeirenses foi para fora.

XV e Inter volta a se enfrentar na quarta-feira (18), às 17h, no Estádio Major Levy Sobrinho, em Limeira.

Mauro Adamoli

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

18 − 16 =