Nadal toma virada e é eliminado por Tsitsipas nas quartas do Aberto da Austrália

Foto: Reprodução Instagram

A busca pelo 21.º título de Grand Slam na carreira acabou nesta quarta-feira para Rafael Nadal. E de uma maneira dolorosa nas quartas de final do Aberto da Austrália, em Melbourne. O espanhol, atual número 2 do mundo, foi derrotado de virada pelo grego Stefanos Tsitsipas, sexto colocado do ranking da ATP, por 3 sets a 2, após ganhar as duas primeiras parciais. O placar final foi 3/6, 2/6, 7/6 (7/4), 6/4 e 7/5, após 4 horas e 3 minutos de partida.

Esta foi apenas a segunda vitória de Tsitsipas em oito jogos contra Nadal, sendo a primeira em piso duro. Na outra vez que ele havia vencido o espanhol, o confronto aconteceu no saibro do Masters 1000 de Madri em 2019. Esta é a terceira semifinal de Grand Slam na carreira do grego, que já havia parado nesta fase em Melbourne, há dois anos, e também em Roland Garros na última temporada.

Com 34 anos e campeão do torneio australiano em 2009, Nadal adia o sonho do 21.° título de Grand Slam, o que faria dele o recordista isolado em número de conquistas, superando o rival suíço Roger Federer, que já está com 39. Apesar de ter sofrido com dores nas costas no início de sua caminhada em Melbourne, o espanhol vinha jogando em alto nível e não havia perdido sets em seus cinco jogos anteriores.

Em sua carreira, Nadal sofreu apenas a sua terceira virada depois de abrir 2 sets a 0 de vantagem. A primeira havia acontecido no Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, em 2005 para Federer, em uma época em que as finais de torneios desse porte eram em melhor de cinco sets. A segunda virada foi para o italiano Fabio Fognini no US Open de 2015. Em outras 243 ocasiões, sustentou a vantagem.

O próximo adversário de Tsitsipas é o russo Daniil Medvedev. Assim como fez nos quatro duelos anteriores, voltou a derrotar o compatriota Andrey Rublev sem perder sets. O número 4 do mundo garantiu a sua vaga nas semifinais ao marcar parciais de 7/5, 6/3 e 6/2, depois de 2 horas e 5 minutos de confronto.

Medvedev se torna o quinto tenista russo a alcançar as semifinais em Melbourne, se juntando a Aslan Karatsev, que um dia antes surpreendeu o búlgaro Grigor Dimitrov e terá pela frente o sérvio Novak Djokovic, atual número 1 do mundo.

Além de ter que lutar contra outro histórico negativo, já que só venceu uma vez em cinco confrontos, Tsitsipas tem a missão de acabar com incrível sequência de vitórias do rival. Medvedev está invicto há 19 jogos, em série iniciada ainda no final do ano passado. Nesse período, o russo foi campeão do Masters 1000 de Paris, do ATP Finals e ajudou seu país a vencer a ATP Cup no início da temporada.

Fonte: Agência Estado

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

18 − treze =