Nesta segunda-feira (07), a cidade registrou mais 4 óbitos e 297 pessoas infectadas pelo coronavirus

Acima de 18 anos foram vacinadas pessoas com comorbidade e doenças crônicas

A Secretaria de Saúde de Piracicaba aplicou a 1ª dose da vacina contra covid-19 em mais de 1/3 da população acima de 18 anos de idade. De acordo com o vacinômetro do Governo do Estado de São Paulo, até ontem, a cidade havia imunizado, com a 1ª dose, 103.831 pessoas, o que corresponde a mais de 1/3 dos 290.605 habitantes com 18 anos ou mais, segundo dados de 2020 do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Ao todo, o município contabiliza 155.901 doses aplicadas, sendo 103.831 da 1ª dose e 52.070 da 2ª dose. A vacinação contra covid-19 em Piracicaba começou no dia 21 de janeiro, quando a primeira dose foi aplicada na auxiliar de enfermagem Gertrudes Barbosa, 55 anos, que atua na linha de frente no combate à covid na UPA (Unidade Pronto Atendimento) ‘Dr. Losso Netto’, no Piracicamirim. Foram vacinadas em Piracicaba pessoas com 60 anos ou mais; pessoas com comorbidades acima de 18 anos; pessoas com deficiência permanente cadastradas no Benefício de Prestação Continuada com 30 anos ou mais; pessoas com síndrome de Down com 18 anos ou mais; pessoas transplantadas de órgão sólido e medula óssea acima de 18 anos; gestantes e puérperas – ambas com comorbidade e com mais de 18 anos; trabalhadores da educação com 47 anos ou mais e trabalhadores do transporte coletivo (motoristas) – ambos com QRCode emitido pelo Estado (Vacinajá).

E iniciou hoje o agendamento para pessoas com 58 e 59 anos sem comorbidades também começarem a receber a vacina. O prefeito Luciano Almeida (DEM) lembrou que o município manteve o cronograma de vacinação contra covid-19 de maneira ininterrupta. “Já conseguimos vacinar 1/3 da população de Piracicaba, com faixa etária acima de 18 anos. Inicialmente, a vacina aconteceu nos postos de saúde, mas conseguimos criar um sistema de agendamento digital pioneiro, o VacinaPira, que otimizou o trabalho dos profissionais da saúde e, depois disso, nos organizamos e centralizamos a aplicação do imunizante no Ginásio Municipal Waldemar Blatkauskas, com centro de triagem, distribuição de senhas e atendimento rápido pelas equipes de saúAcima de 18 anos foram vacinadas pessoas com comorbidade e doenças crônicas de,” avaliou.

Beto Silva

[email protected]

Leia Mais:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

19 − dezessete =