Nicole sobre os Jogos: ‘Foi uma experiência incrível que ficará guardada para sempre no meu coração’

Foto: Alessandro Maschio/JP

Atleta piracicabana faz parte da seleção brasileira de ginástica rítmica e fala sobre emoção de ir a Tóquio

Os dias de férias têm sido muito corridos para a ginasta piracicabana Nicole Pircio Nunes Duarte. Atleta da ginástica rítmica, ela
aproveitou o recesso nos treinos para voltar à Noiva da Colina e passar um pouco de sua experiência às meninas que estão começando no esporte. O ano passado foi “mágico” para essa menina de apenas 19 anos, pois ela realizou o sonho de estar na Olimpíada de Tóquio. “Foi uma experiência incrível que será guardada para sempre no meu coração.”

Na agenda da Nicole em Piracicaba, passagens pela Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras), palestras em algumas academias e, ontem, ela visitou o Clube Cristóvão Colombo. Hoje, ela terá o seu último compromisso: uma apresentação no Colégio Tales de Mileto, na Vila Rezende, onde estudou. No domingo, 16,retorna a Aracaju-SE, onde voltará aos treinos pela Seleção Brasileira.

Apesar da correria, a jovem atleta procurou atender a todos. “Fui convidada pela professora Patrícia, do Cristóvão, e fui fazer uma apresentação e um bate-papo com as meninas do clube”, contou. “Recebi um convite para ir até a Selam, visitei algumas academias de ginástica aqui da cidade e também recebi uma homenagem do vereador André Bandeira”, enumera Nicole, que defende as cores da Unopar, de Londrina, no Paraná.

A participação em Tóquio, foi algo “inesquecível”. “Foi uma vida inteira sonhando em um dia ter essa oportunidade. Buscava tudo que era necessário para me tornar uma atleta capaz de participar dos Jogos Olímpicos”, diz. “Busquei esse sonho todos os dias; em cada segundo do meu dia”, exagera a ginasta, que disputou a prova de conjunto com suas colegas de Seleção Brasileira.

Nicole conta que, nessa trajetória olímpica, muita gente foi importante, a começar por sua família. “Tive muito apoio dos meus pais, que sempre estiveram ao meu lado em qualquer situação”, reconhece. “E também todos os meus parentes, amigos, irmãos da igreja que torcem e oram por mim. E claro, as técnicas que fizeram parte da minha história, a Helena e a Maria, que foram as primeiras, e a Virgínia Nobre, da Unopar”, lembra.

Para esse ano, a ginasta começa pelos treinos na Seleção Brasileira na próxima segunda-feira, dia 17, em Aracaju. “Minha principal meta é estar na equipe titular e representar o Brasil da melhor forma possível, chegando em finais de várias etapas da Copa do Mundo”, projeta. “Quero estar novamente na final do campeonato mundial e ajudar o Brasil a chegar no top-5 do mundo.”

COMEÇO
Nicole começou no esporte ainda criança, na academia Pira Olímpica, na Vila Rezende, na ginástica artística. Aos 10 anos, passou a integrar a equipe de ginástica rítmica de Piracicaba, se apaixonou pela modalidade e não parou mais.

Erivan Monteiro
[email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezenove + 19 =