• Nova Zelândia – Paraíso radical e da tranquilidade
  • Nova Zelândia – Paraíso radical e da tranquilidade
  • Nova Zelândia – Paraíso radical e da tranquilidade
  • Nova Zelândia – Paraíso radical e da tranquilidade

Nova Zelândia – Paraíso radical e da tranquilidade

Na hora de escolher um destino para viajar, algumas pessoas optam pela tranquilidade que uma praia ou um lago pode oferecer, enquanto que outros preferem algo mais radical, como montanhas, dunas e em alguns casos até vulcões. Se você quer aproveitar um pouco de tudo isso, então a Nova Zelândia é o destino ideal para você. Banhada pelo mar de Tasman na costa oeste e pelo Oceano Pacífico ao sul, o território neozelandês tem maravilhas incríveis e os “kiwis”, como são chamados os nativos, são bastante receptivos para os viajantes, desde suas grandes cidades até o interior pouco habitável.

AUCKLAND

Auckland é a maior e principal cidade do país e tem o privilégio de ser banhada pelas duas costas neozelandesas, podendo desfrutar de praias maravilhosas, como a praia de Piha, a mais famosa, já que ideal praticantes de surf e stand up paddle. O principal ícone arquitetônico do país é a Sky Tower, presente em quase todo cartão-postal do país, já que do alto da torre é possível ter uma visão de 360° da cidade, além de ser um ótimo lugar para pulos de bungee jump.

Para os apaixonados por história, a principal atração é o Auckland Museum, que é o mais antigo de país, que conta com três andares de arte do Pacífico, além de mostrar a cultura maiori. Os mais corajosos podem subir até o topo do vulcão na ilha vulcânica Rangitoto, já que está inativo há mais de 600 anos.

WELLINGTON

A capital do país, não é a cidade mais populosa, porém abriga o museu Te Papa, o maior e mais completo do país, com explicações didática e interativas, ideal para os passeios em família, já que ambos podem se divertir e aprender. Para aproveitar o clima que a cidade oferece, nada melhor do que passar o final de tarde e o começo da noite no Cuba Street, local em que os mais descolados cafés, restaurantes e pubs da cidade ficam. Os apaixonados por cinema não podem deixar de visitar a Weta Cave, empresa de efeitos visuais que desenvolveu a parte técnica de nada mais, nada menos, que o aclamado “Senhor dos Anéis”.

QUEENSTOWN

Fãs de esportes radicais, não podem deixar de conferir a magnífica Queenstown. Foi lá que o bungee jump comercial foi explorado pela primeira vez. As paisagens da cidade-resort são de tirar o fôlego, como as montanhas “The Remarkables”, que são tão imponentes que parecem que foram esculpidas a mão e seus topos cobertos de neve são inconfundíveis. O lago Wakatipu, que fica as margens da cidade possui águas cristalinas e perfeitas para as fotos no Instagram. Outro destaque da cidade é o Rio Kawarau, onde foram gravadas cenas do primeiro Senhor dos Aneis, quando os personagens navegam pelo rio e veem os Argonath, as gigantes estátuas dos antigos reis.

NATUREZA

Além das cidades, o interior da Nova Zelândia também é destaque entre os viajantes, com atrações imperdíveis, como as atrações do extremo norte do país, onde fica a Ninety Mile Beach, a maior praia do país, com 88 km de extensão; a Cathedral Cove, uma gruta escavada na pedra, localizada na Península de Coromandel; o lago Taupo, o maior do país formada em uma cratera adormecida de um dos maiores supervulcões da Terra e muito mais…

Mauro Adamoli