Marcelinho jogou por muitos ano no Ituano antes de chegar ao Nhô Quim (Foto: Divulgação//Ituano Futebol Clube)

Mesmo com o ano terminando, os membros da diretoria e do departamento de futebol profissional do XV de Piracicaba seguem atentos ao mercado da bola. O clube acertou as contratações do lateral-esquerdo Assis, que vem por empréstimo do Náutico, e do meia-atacante Marcelinho, ex-Ituano. O primeiro trabalha regularmente com o elenco quinzista há mais dez dias, enquanto o segundo foi incorporado na manhã do último domingo (29).

Ambos assinaram até o fim do Paulistão A2, que começa para o Nhô Quim no dia 22 de janeiro, às 20h30, em São Paulo, contra a Portuguesa. “O Assis é um jogador que começou no XV e traçou uma carreira com conquistas importantes e recentes. É uma posição em que necessitávamos de reposição e este nome nos agradou bastante”, disse o diretor de futebol Ricardo Moura, se referindo à passagem do atleta, de 33 anos, pelo Alvinegro Piracicabano, de 2004 a 2008. Entre os feitos do lateral, destacam-se a conquista do Campeonato Gaúcho em 2017, pelo Novo Hamburgo, e da Série C do Campeonato Brasileiro deste ano, pelo Náutico.

Marcelinho, 29 anos, é outro que chega com troféus em seu currículo. Foram dois Paulistão A1, pelo Corinthians, em 2009, e pelo Ituano, em 2014. “Ele se encaixa perfeitamente no modelo de jogo do (técnico) Tarcísio Pugliese e acrescentará demais ao nosso plantel”, falou o gestor de futebol Beto Souza. Na edição conquistada pelo Ituano, Marcelinho foi decisivo para a conquista com o Galo de Itu. Nas quartas e na final, diante de Botafogo e Santos, as partidas foram para as cobranças de pênalti, na qual Marcelinho acertou suas cobranças nas partidas e ajudou sua equipe a se classificar e ser campeão, respectivamente. Porém, o momento que mais brilhou foi na semifinal diante do Palmeiras, no qual marcou o gol da vitória por 1 a 0 no Pacaembu, impedindo o Verdão de disputar uma final em seu centenário.

https://www.youtube.com/watch?v=8P9o_zbI8BU

JOGO-TREINO

Em fase de preparação visando a próxima temporada, o XV de Piracicaba perdeu para o Velo Clube em jogo-treino na manhã de ontem (30), pelo placar de 2 a 0. A atividade foi anteriormente marcada para o Estádio Barão da Serra Negra, porém em razão da reforma do gramado, a partida foi transferida para o Estádio Benito Agnelo Castellano, em Rio Claro. Os gols dos donos da casa foram marcados por Niander, após cobrança de falta, e um de Paulão, que tentou o recuo de cabeça para Luiz Fernando e marcou contra.

“Claro que sempre queremos vencer, mas isso não é o principal neste momento. Pudemos fazer observações, analisar situações e isso é o mais importante agora”, comentou o técnico Tarcísio Pugliese. O Nhô Quim passará por mais dois testes antes da estreia oficial em 2020: no dia 11 de janeiro, sábado, às 15h30, o Alvinegro encara o Capivariano e quatro dias depois, na quarta-feira (15), no mesmo horário, a Caldense. As partidas, a princípio, serão no estádio municipal em Piracicaba.

A estreia oficial do Nhô Quim na Série A2 será no dia 22 de janeiro (quarta-feira), às 20h30, contra a Portuguesa, no Estádio do Canindé, em São Paulo. O Velo, que está na Série A3, fará seu primeiro jogo oficial em 2020 diante do Olímpia, no dia 25 (sábado), às 20h, na cidade de Olímpia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × um =