Novos tratamentos que ajudam nos cuidados com a saúde da pele

A partir dos 30 anos, esse tipo de tratamento é recomendado uma vez ao ano como forma preventiva. (Foto: Divulgação)

Os cuidados com a pele vão muito além da questão estética. Cuidar da pele, que é um dos órgãos mais importantes do corpo humano, é zelar pela saúde e também um ato de amor. E nessa área dermatológica, a tecnologia tem proporcionado inúmeros avanços nos diagnósticos e nos diversos tipos de tratamentos: preventivos, estéticos e quando já existe alguma inconformidade.

Com os recursos microfocado e macrofocado, o ultrassom é capaz de atingir diversas áreas do corpo para tratar flacidez e gordura localizada com um único aparelho. É uma tecnologia inovadora, não cirúrgica, não invasiva e segura, que permite ao paciente realizar as atividades normalmente após o procedimento, sem precisar passar por um período de pós- -procedimento. O dermatologista Marcelo Caitano explica alguns dos benefícios desse tratamento, que pode ser feito por mulheres e também pelos homens.

“Esse é um procedimento utilizado principalmente para a flacidez e também para gordura localizada. Uma região que nós sempre tratamos é o rosto, para melhorar a flacidez facial, melhorar o contorno, desenhando mais a mandíbula. Conseguimos tratar também a flacidez de pálpebra e pescoço. No pescoço, além da flacidez, uma utilidade muito grande é para cuidar da papada. Esse tipo de ultrassom também tem indicações corporais. Conseguimos tratar colo, flacidez interna de braço e coxa, região glútea e flacidez abdominal”, disse o médico.

A perda de colágeno, proteínas e elasticidade são alguns dos efeitos causados pelo envelhecimento, ligados também aos fatores genéticos de cada um. A partir dos 30 anos, esse tipo de tratamento é recomendado uma vez ao ano como forma preventiva. Já para pacientes com mais de 40 anos, o procedimento pode ser feito em mais de uma sessão, de acordo com cada pessoa. O avanço das tecnologias na área da saúde colabora para amenizar essas “marcas” ocasionadas pelo tempo, promovendo o bem-estar, a autoestima e uma melhor qualidade de vida.

Da Redação

LEIA MAIS:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × 2 =