O exercício e a contribuição para uma melhor vontade de viver com propósito

Foto: Freepik

Todos nós já sabemos que a atividade física pode ajudar a longevidade. A atividade física é procurada para o emagrecimento e um melhor viver na maioria dos casos. No entanto, em um recente estudo que saiu no periódico Journal of Behavioral Medicine intitulado “ The bidirectional relationship between sense of purpose in life and physical activity: a longitudinal study” feito com mais de 18 mil participantes do mundo entre pessoas dos dois sexos (homens e mulheres) a partir dos 50 anos de idade, mostrou que o exercício físico ajuda a pessoa a encontrar um novo propósito de vida.

O propósito de vida segundo a pesquisa, é definido como a habilidade de uma pessoa desenvolver objetivos e metas que dão o direcionamento e um significado para sua vida. É como se você através da atividade física ajustasse uma nova lista de desejos, que irão te mover durante a sua vida e envelhecimento para a concretização destes desejos.

Muitos são os casos que no dia a dia nos deparamos com isso. Pessoas que param de fumar e transformam um hábito ruim em um bom através da atividade física. Ou pessoas que pegaram Covid-19 em sua forma grave, e começaram a fazer atividade física no pós Covid-19, por recomendação médica ou por verem pessoas próximas que praticavam, sendo assintomáticas ou até que tiveram sintomas leves.

Em Okinawa no Japão, este propósito de vida é chamado de “IKIGAI”. Esta palavra é descrita como a razão pela qual você acorda todos os dias. E ter um propósito de vida ajuda a manter sua motivação para sua lista de desejos ao longo da vida. No ocidente, sempre vimos que a vida se divide em dois momentos: antes da aposentaria e após aposentadoria. E este após a aposentadoria, muitas pessoas ficam sem este propósito de se viver. A atividade física vai na contramão disso já que, quem tem estas metas, propósito para se viver, cuidam mais de suas vidas e tem mais vontade de viver. Redundante não? Mas é isso mesmo!

O envelhecimento é uma fase que todos nós iremos passar. Falo através de palestras e para meus alunos que somente com a atividade física conseguiremos nos manter saudáveis e autônomos no nosso envelhecer. Depender de alguém ninguém quer. Ter alguém para ajudar nas coisas mais simples como ir ao banheiro e sentar e levantar da cadeira, ninguém quer. Neste sentido, a atividade física é essencial. E ter este propósito de vida neste envelhecimento é importante. Afinal, poderemos através de bons hábitos de vida viver muitos anos a mais e a atividade física se torna neste momento um fator essencial para esta alegria e vontade de viver. Vamos começar? Até a próxima!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

três + vinte =