O mundo precisa de você

Foto: Freepik

Que sociedade doente, que sociedade violenta, quantas atrocidades são nos apresentadas todos os dias. Grandes pragas, grandes tragédias naturais acometem o mundo, mas nada faz com que o ser humano mude e se purifique.

Atualmente, vivemos uma pandemia terrível, impiedosa, cruel e que acomete qualquer pessoa, de qualquer idade, qualquer crença, qualquer classe social, qualquer raça, milhares de mortos por todo o mundo, muita dor, sofrimento, medo e insegurança, que nos levam a pensar: seria este mais um sinal dos céus de que estamos na direção errada, de que precisamos mudar, de que precisamos ajustar os nossos interesses, nossa forma de pensar, de agir e passar a viver com uma maior consciência, com mais amor pelas pessoas?

Século XXI, tecnologias de ponta, o mundo ao alcance dos dedos, e a ciência não conseguindo vencer um vírus? Isso te faz refletir sobre a sua vulnerabilidade? Competitividade em todos os setores, grandes e pequenas conspirações, inveja, ambição, injustiças, violência, desonestidade, egoísmo e o resultado: um mundo doente e as pessoas cada vez mais infelizes, insatisfeitas e anestesiadas pelos mais diversos vícios.

Nunca se viu tantas pessoas se entupindo de entorpecentes, álcool, medicamentos para dormir e para acordar, o uso de ansiolíticos e os famosos antidepressivos lideram o ranking dos medicamentos mais vendidos no mundo. E a grande questão é: Porque? Qual o sentido de se conviver com tantos horrores? O que as doenças, físicas e mentais estão nos mostrando?

Te convido a ser o grande observador, tente ver além das aparências de cada ser humano que cruzar a sua vida. Se permita viver esta experiência e faça o seguinte exercício: primeiro olhe para a embalagem da pessoa, sua expressão facial, sua postura, seu corpo, seus cabelos, suas unhas, olhe cada parte com muita atenção aos detalhes, sem nenhum julgamento, entendendo isto como um exercício, e vá aprofundando o seu olhar, enxergando, sentindo e imaginando a história de vida deste ser. Se sua expressão é carrancuda, por exemplo, imagine como deve ter sido a infância desta pessoa, como ele se sentia quando criança, seguro ou inseguro? O que ele já viu, ouviu e sentiu? Como era o lar desta pessoa? Como seus pais o tratavam? Ele teve direito a brincar? Ele teve um prato de comida na mesa todos os dias? Ele passou necessidades? Ele teve vontades que não podiam ser atendidas? Quais foram as oportunidades que ele teve na vida? E aprofunde cada vez mais em uma análise detalhista, use a sua imaginação e os recursos que precisar para ler aquela vida que está diante dos seus olhos. Ao terminar apenas AME aquele ser humano, vibre o amor, com todo o seu coração. Pessoas rudes, geralmente, escondem grandes traumas.

Expressões pesadas escondem maus tratos e tristeza. O que precisamos entender, é que todos nós, gostaríamos de ter nascido em um lar harmonioso, próspero e feliz, mas esta não é a realidade da grande maioria e por esse motivo, vamos nos adaptando aos altos e baixos da vida, “sacudir a poeira e levantar a cabeça”, mas nem todos conseguem dar a volta por cima, pois a maioria das pessoas não aguentam sofrer três fracassos em suas vidas e assim, se deprimem e desistem. Quando isso acontece, a pessoa se amargura, se torna cruel, se torna fria e o ciclo de violências se perpetua por gerações. Todos temos consciência do que realmente somos e nos envergonhamos de muitas atitudes que poderíamos melhorar, mas alguns não tem a força ou alguém que o puxe pela mão e ensine que o caminho a ser trilhado pode ser diferente, que o novo caminho será um novo plantio para uma nova colheita. Adultos precisam de colo, de orientação, compaixão e amor. Adultos também têm sentimentos e precisam ser resgatados.

Adultos cansam, adoecem emocional e fisicamente, porque não tem consigo a habilidade necessária para se levantar após uma, duas, três ou dez rasteiras da vida.

A sociedade adoece e colhemos os resultados avassaladores como o do tempo atual. Aproveite este momento para se conhecer melhor, para conhecer o outro melhor, para conhecer seus pais e sua história de vida, para conhecer seus filhos e suas necessidades emocionais, para conhecer seus cônjuges e seus desejos e temores. Aproveite para amar, para colher, para sentir e para viver. Seja o agente de transformação da sociedade que você está inserido, o mundo precisa de você! Vem!!!
Com carinho,
Fabiane Fischer

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

doze − 11 =