“O Natal perdeu sua essência e todo o seu sentido; são poucas pessoas que celebram seu real motivo”

Foto: Alessandro Maschio/JP

“As pessoas devem se lembrar de Jesus não só no Natal, mas em todos os dias do ano”

Natal. O período natalino até pode ser visto como uma época de comemoração, mas não para todos. Algumas pessoas não gostam do Natal e o motivo disso são os mais diversos.

A estudante de radiologia Karina Hobus, de 37 anos, é um exemplo disso. Avessa à data, ela diz que um dos motivos de não gostar do Natal é pelo fato de a data ter perdido sua essência, e, em especial, seu sentido. “São poucas as pessoas que celebram o Natal por seu real motivo”, diz ela. “São poucas as pessoas que se lembram de comemorar o nascimento de Jesus Cristo, nosso único senhor e salvador. E aqueles que se lembram desse fato, o fazem somente nesta data comemorativa. Para mim, as pessoas não se lembram de Jesus da maneira como Ele realmente é digno.”

A opinião de Karina é controversa e realmente divide opiniões. Entretanto, ela explica que isso já é algo natural para ela e que seus pais também não tinham o costume de comemorar essa data em especial.

“Sinto-me apenas deslocada pelo fato de ser diferente das demais famílias. Quando alguém me deseja um Feliz Natal, eu me sinto até um pouco sem graça em responder com tão pouco entusiasmo. E às vezes somente respondo por educação mesmo”, explica.

Karina explica que costuma passar o período natalino em sua casa mesmo, na companhia de alguns poucos amigos. Tradicionalmente ela costuma fazer em sua casa um almoço ou um churrasco na presença de três ou quatro amigos mais chegados. Assim, a data acaba se tornando especial não pelo significado que as pessoas costumeiramente deram a ela, mas pela presença e pela felicidade que essas pessoas inevitavelmente trazem para sua casa.

“Meus familiares são assim também. A comemoração do Natal nunca fez parte dos meus costumes ou tradição pelo simples fato de eu ter crescido dessa forma. O mesmo vale para o Ano-Novo, essa comemoração também nunca fez parte da minha infância”, conta.

Karina vai além. Como recado, ela pede às pessoas que se lembre de Jesus Cristo não somente nesta data, mas em todos os 365 dias do ano. “A gente deve sempre se lembrar de agradecer o seu nascimento e missão na terra. A missão dele foi de nos ensinar a amar e respeitar o próximo, praticando a humildade e o amor, sem julgar para também não sermos julgados. E para aqueles que têm uma família grande, eu peço que deixem um pouco de lado a correria do dia-a-dia para se reunirem mais vezes ao ano. Não só no Natal ou Ano-Novo.”

Rafael Fioravanti
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

15 + dezessete =