Investimento na área da segurança, plano de carreira para servidores e Saúde estão entre as prioridades. /Amanda Vieira/JP

O alagoano Francys Almeida, 35 anos, é o candidato do PC do B para disputar as eleições deste ano a prefeito de Piracicaba. Filho do casal Débora Tavares de Almeida da Silva e Francisco Balbino da Silva, ele é formado em direito e atua como síndico profissional.

Francys é conselheiro do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) há cinco anos, presidente do conselho da escola José Francisco Alves, apos dois anos como vice, e líder comunitário do Bongue e região.

Ele encabeça a chapa única tendo como vice a advogada Yara Regina Araújo Richter, 47 anos.


Como o senhor assume a prefeitura durante a pandemia de covid-19, quais serão as medidas adotadas por sua administração diante da situação da saúde pública? 

Vejo com muita preocupação, desde março, alertei as autoridades públicas sobre a necessidade de testes em massa e o controle da pandemia em Piracicaba., infelizmente a prioridade mão foi essa. Temos quase 400 mortos, quando poderíamos ter evitado  a perda de tantas pessoas queridas em nosso município.  O custo de testes em massa seria de aproximadamente R$ 50,00 por pessoa, a criação de um comitê de crise, com participação da sociedade civil, empresários e lideres locais ajudaria muito.       

A cidade de Piracicaba enfrenta problemas no abastecimento de água. Quais suas propostas para essa questão? Está em seus programa de governo a privatização do Semae? 

Essa parceria com a Águas do Mirante não faz o menor sentido, os valores mínimos cobrados são absurdos e grandes consumidores, como clubes e associações, não pagam água e têm insenções, enquanto pessoas de baixa renda sofrem com essa desproporcionalidade. Exemplos ocorrem  em condomínios onde há muitos vazamentos e o Semae não tem entendimento de aumentar isenções para quem sofre com vazamentos constantes. Nossa vice, a Dra. Yara Richter foi funcionária pública do Semae, ela conduzirá um processo de reavaliação de todos os contratos e teremos em conjunto as medidas necessárias.

Atualmente o tratamento do esgoto é prestado por um contrato PPP (parceria público privada), se eleito, o senhor pretende manter essa forma de contrato? Em caso negativo, qual sua proposta? 

 É preciso conviver em harmonia com a natureza, é algo que tem sido muito valorizado na atualidade e influencia até mesmo na economia do país. Então, propomos: imediato rompimento com a empresa Ambiental; o tratamento da água deve ser considerado como  uma questão de saúde pública. O tratamento dos esgotos, este monopólio privado, deve voltar a ser controlado pelo Município; adotaremos uma política de preservação e tratamento da água, com a finalidade de reduzir os gastos da população. Para isso, pretendemos buscar soluções desenvolvidas por pesquisadores e ambientalistas nacionais, visando implantá-las no município. Por isso ir além da indústria, e buscar capacitação tecnológica para todos(as); execução de todos os grandes devedores do Semae, revertendo os fundos ao aprimoramento da rede e subsídio a famílias carentes; reavaliar todos os contratos de parceria relacionados a Águas do Mirante.

O transporte público é outro serviço que tem sido alvo de críticas dos usuários, quais suas propostas para o setor ? 

Mobilidade urbana é um grande gargalo da nossa cidade. Por isso, precisamos rever a forma de gestão da nossa Mobilidade Urbana e Infra-estrutura. Então, propomos: imediato rompimento de contrato com a empresa Tupi; com participação da sociedade, revisar o Plano Diretor de Mobilidade Urbana; Circuito Duas Rodas Caipira – Bicicletas – exigirá que as empresas e os órgãos públicos municipais destinem espaços adequados à guarda das bicicletas; desenvolverá um sistema de sinalização e regulamentação para a identificação do ciclista e sua bicicleta; ampliará o sistema do Circuito Pira duas Rodas para mais locais na cidade e milhares de bicicletas serão disponibilizadas em pontos da cidade. Sistema similar aos de grandes centros no qual um morador pode pegar a bicicleta em um ponto, se deslocar e entregá-la em qualquer outro ponto dirigido pela prefeitura da cidade; por meio de parcerias, viabilizar o Veículo Leve sobre Trilho (VLT) ou BRT (Bus Rapid Transit), os melhores modais para a mobilidade urbana nas grandes cidades, ligando os extremos de nossa cidade, sendo inicialmente o valor da passagem R$ 2,00 e não devendo passar de R$ 3,00 até 2023. Rapidão Caipira (implantação até 2023); reorganizar todo o sistema de transporte público com base no conceito de que quem deve circular é o usuário, com segurança, conforto, agilidade e baixo custo;  o atual sistema de transporte de ônibus prioriza a pulverização do número de linhas de forma benéfica para o empresário às custas de inúmeros transtornos aos usuários; a proposta é construir um novo sistema, o Rapidão Caipira (Rede Ativa Planejada e Integrada De Ônibus), que transformará o atual sistema de transporte urbano da cidade em uma rede ativa de corredores com linhas exclusivas, como um metrô de superfície em VLP (Veículo Leve sobre Pneus), ou BRT (Bus Rapid Transit). 

Em seu plano de governo, quais áreas são prioridades e, de forma bem resumida,  quais as propostas para elas? 

 Rapidão Caipira (Passagens a menos de R$ 3,00); Hospital Pediátrico; Café com o Prefeito (Projeto Rio de Ideias); Internet Para Todos; Casa da Mulher Piracicabana (Maria da Penha) Importância das Igrejas na Ressocialização; Fundo Soberano Municipal da Educação; Valorização do Servidor Público; Salário do Prefeito, Vice e Secretários, baseado no salário mínimo do Dieese;Plano de Carreira dos Profissionais da Educação; Cultura e Esporte  (Papel de Instituições Religiosas e Associações); Inclusão de mulheres e afrodescendentes em todos os escalões do governo.Pela Primeira vez o povo vai ter oportunidade de decidir diretamente sobre o futuro da cidade. 

 Pretende aumentar (ou manter) verba para a OSP (Orquestra Sinfônica de Piracicaba)? 

 Sou de uma família de músicos, música é vida, a gestão pública municipal precisa ter um olhar para a cultura e principalmente para a nossa música local, a OSP merece no mínimo que se mantenham suas verbas, mas entendo que seja preciso ampliar, inclusive a atuação nas periferias, temos jovens talentosos que precisam ser integrados e desenvolver seus talentos. A música é um meio de preencher e alegrar a alma, sem ela a sociedade não evolui.  No nosso primeiro mandatto reuniremos nosso comitê cultural e avaliaremos as melhores estratégias para a cidade, a participação dos mais amplos e diversos setores é fundamental.

Como pretende melhorar a segurança na cidade? 

 Criação da Secretaria de Segurança Pública; valorizar e incentivar a estrutura da Guarda Municipal especializando cada vez mais os profissionais com cursos específicos; investir na formação do efetivo da Guarda Civil, Os servidores públicos municipais de segurança não poderá receber menos do que o salário mínimo necessário, proposto pelo Dieese; revisar o Estatuto da Guarda Civil Municipal e adequá-lo à legislação federal, de formar a estimular seus componentes e ampliar a segurança no município; garantir o pagamento do Adicional de Periculosidade de 30% aos Guardas Civis, garantindo assim o cumprimento da Lei Federal 12.740/2012. 

Há planos de reforma ou solução para a praça José Bonifácio ? 

 Sim. É uma referência para o município e precisa de Revitalização, no entanto, toda ação será tomada com a participação dos empresários, moradores e demais interessados, pois é um bem comum a todos e não podem ser tomadas decisões unilaterais que mudam a vida de todos e só um pequeno grupo que decide, vamos ampliar esse debate. 

Como pretende estimular o crescimento econômico da cidade, retomar a produção, incentivar o comércio e atrair empresas para Piracicaba? 

 Busca do Pleno Emprego e incentivo ao Empreendedorismo, capacitando e orientando quem tem aptidão e interesse em empreender; articular com entes públicos e privados, nacionais ou estrangeiros, para a promoção de oportunidades de negócios e de geração de emprego e renda; atrair investimento novos investimentos e apoio às empresas instaladas no município, proporcionando inclusive isenções nos primeiros anos; apoio ao micro e pequeno empresário ampliando os incentivos para expansão dos negócios e geração de emprego; intensificar as políticas públicas de apoio à produção de hortifrutigranjeira, consolidar os distritos industriais existentes para receber as empresas instaladas em regiões urbanas em conflito de vizinhança.

Beto Silva

[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 × cinco =