Obra em adutora deixa cerca de 30 bairros sem água

Segundo a autarquia, abastecimento deve ser retomado hoje de forma gradativa. (Foto: Claudinho Coradini/JP)

A manutenção em uma adutora do bairro Paulicéia causou a interrupção do abastecimento de água em cerca de 30 bairros em Piracicaba ontem. O Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) informou ontem que o serviço ocorreria e que a normalização do abastecimento ocorreria gradativamente após a liberação da adutora.

Às 17h, a autarquia informou que a manutenção foi concluída antes do meio-dia e que o fornecimento de água nos bairros atingidos estava ocorrendo de forma gradativa. Para as regiões mais distantes, a normalização ocorrerá somente na madrugada de hoje.

De acordo com o Semae, os bairros atingidos foram a Paulicéia, Água Branca, Jardim Califórnia, Jardim Caxambu, Bairro Verde, Campestre, Vila Cristina, Jardim Itapuã, Monte Líbano, Chicó, Santa Helena, Água das Pedras, Dona Antônia (Sete Barrocas, Monjolinho e Mato Alto), Novo Horizonte, São Jorge e área rural vizinha ao bairro São Jorge (Nova Suíça, Volta Grande, Pau D’Alhinho, Água Bonita e adjacências.)

LODO

A obra da ETL (Estação de Tratamento de Lodo) do Capim Fino, pelo Semae, teve início em agosto deste ano e o término está previsto para abril de 2020. O investimento é de 3 milhões, fruto de financiamento junto à Caixa Econômica Federal, com recursos oriundos do Programa Saneamento Para Todos, do Governo Federal, e contrapartida de 10% da autarquia. A empresa vencedora da licitação e responsável pela obra é a Aracons Construtora Ltda.

A ETL terá capacidade de tratar até 4.000 m³/dia de lodo, que é o volume gerado para tratar uma vazão de 2.000 L/s de água na ETA Capim Fino. O objetivo é atender o aumento de vazão de água tratada em virtude da ampliação do sistema de tratamento da Estação de Tratamento de Água Capim Fino.

O sistema compreende a implantação de lagoa para adensamento por gravidade, seguido de leitos de secagem.

Beto Silva
[email protected]