Oito dicas para aproveitar a Internet com segurança

ESET traz os resultados de seu relatório de ameaças mais recente e boas práticas para manter a privacidade e os dados pessoais protegidos (Foto: Divulgação)

Para comemorar o Dia da Internet Segura em todo o mundo, comemorado no dia 9 de fevereiro, sob o lema “Uma Internet melhor começa com você: mais conectado, mais seguro”, a ESET, empresa líder em detecção proativa de ameaças, compilou algumas dicas que ajudarão os usuários a manter sua vida online protegida de cibercriminosos.

A ESET publicou seu Relatório de Ameaças, que analisa qual era o cenário das ameaças durante o segundo semestre de  2020. Mais uma vez, a COVID-19 foi usada como isca em ataques de phishing, houve um aumento nos golpes que utilizaram o problema de vacinas, uma tendência que deve continuar em 2021. Por outro lado, como o home office é a nova normalidade em muitos setores, o relatório revela que os ataques ao RDP (Remote Desktop Protocol) cresceram 768% entre o primeiro e os últimos quatro meses de 2020. Um dos motivos mais importantes para se ter atenção à segurança RDP é o ransomware (uma ameaça que sequestra e, agora, também rouba informações do usuário e, em seguida, pede um resgate para se recuperar), o que representa um grande risco para o setor público e privado.

Como as pessoas estão usando cada vez mais a Internet, navegar com segurança é essencial para manter a privacidade e os dados pessoais protegidos de terceiros indesejados. A ESET compartilha as seguintes dicas para aproveitar a Internet com segurança:

  • Antivírus avançado e atualizado: é a primeira coisa que qualquer usuário deve instalar em todos os seus dispositivos para obter segurança durante a navegação. É importante atualizar o antivírus periodicamente, pois se não for atualizado, ele perde a eficácia. No mercado, existem antivírus que são atualizados sem afetar o desempenho dos aparelhos.
  • VPN para fortalecer a segurança: embora seja verdade que este tipo de ligação privada está mais associada às empresas, nomeadamente com o aumento do teletrabalho nos últimos meses, é cada vez mais popular entre os utilizadores privados pela sua multiplicidade de utilizações e pelas suas inúmeras vantagens. Uma conexão VPN permite que você crie uma rede segura entre dispositivos conectados entre si pela Internet. Na conexão VPN, as informações trafegam criptografadas, por isso é um complemento perfeito para o antivírus para que as conexões não sejam espionadas pelos cibercriminosos.
  • Compras online seguras: ao comprar, você deve levar em consideração se o site que você está acessando é confiável ou se já foi usado para compras anteriormente. Ver os comentários de outros compradores é muito útil para saber o nível de confiança que se pode ter. Também é interessante verificar se aquela página da web está anexada a algum tipo de certificado de qualidade. Os sites de compras devem ser HTTPS e, na medida do possível, o nome da empresa deve estar ao lado do cadeado verde do certificado, embora esses certificados apenas garantam que a conexão com esse site seja feita de forma criptografada, não que o site seja seguro. Finalmente, podemos revisar as informações que você fornece: quem são eles, onde eles têm um endereço fiscal, quais dados eles coletam dos usuários e com que finalidade, métodos de pagamento que eles permitem ou a política de envio e devolução.
  • Jogos online: é essencial não fornecer nenhuma informação pessoal e garantir que os nomes de usuário e as senhas sejam únicas para cada jogo e plataforma de jogos. Por outro lado, um duplo fator de autenticação também deve ser adicionado e, claro, jogar ou fazer download de jogos apenas de sites oficiais.
  • Webcam: para ajudar a reduzir o risco de sua webcam ser hackeada, seu sistema deve ser verificado em busca de malware regularmente e verificar se a configuração padrão de sua webcam está desativada. A solução de segurança pode ser configurada para avisar quando um aplicativo está tentando acessar a webcam e para conceder ou negar permissão. E, claro, quando não estiver sendo usado, cubra-a.
  • Sites fraudulentos: o primeiro passo é ler todas as permissões que são concedidas, pois muitas vezes é aceito sem saber ou ler as condições. Em segundo lugar, você deve ter um cuidado especial e investigar caso vá fazer uma compra em locais onde nunca comprou antes. Terceiro, é necessário verificar os dados legais da empresa, como sede, condições de venda, devoluções ou reclamações, entre outros, bem como certificar-se de que possui um certificado de qualidade e ainda observar o aspecto da loja online. Por último, mas não menos importante, para compras online, faça compras com cartão de crédito e evite colocar detalhes do cartão de débito na internet.
  • Downloads piratas: quando as informações de qualquer tipo são baixadas de um site pirata ou de páginas de download, existe o risco de permitir que um grande número de vírus, cavalos de tróia e worms entrem nos dispositivos, que podem danificá-los, acessar informações privadas, receber publicidade indesejada, entre muitas outras consequências. Evite baixar software pirata ou software que não venha de repositórios ou sites oficiais
  • Redes Wi-Fi: conectar-se a uma rede Wi-Fi pública pode ser uma ideia atraente, mas antes de usá-la é importante seguir algumas dicas:
  • Tenha um antivírus avançado instalado, independentemente de ser acessado por um computador, tablet ou telefone celular.
  • Tenha a autenticação de dois fatores ativada para evitar o acesso indesejado às contas do usuário após o roubo ou vazamento de credenciais.
  • Tenha todos os programas instalados atualizados.
  • Faça a conexão através de uma VPN.
  • Evite fazer compras online, acessar home banking ou realizar operações com informações confidenciais de redes Wi-Fi públicas.
  • Configure corretamente as opções de conectividade do dispositivo, especialmente para evitar que ele se conecte automaticamente a redes Wi-Fi abertas.

“A Internet ocupa um lugar muito importante em nossas vidas. Já o fazia antes da pandemia, mas desde março sua presença ganhou espaço especialmente para atividades que até então eram realizadas presencialmente. Por esta razão e, mais do que nunca, navegar com segurança é essencial para manter a privacidade e os dados pessoais protegidos de terceiros indesejados. Atualizar sistemas, ter uma solução de segurança instalada, prestar atenção antes de clicar em links suspeitos são algumas das recomendações básicas. Levar em conta os riscos é fundamental para nos protegermos adequadamente e assim desfrutarmos da Internet com segurança”, comenta Camilo Gutiérrez Amaya, chefe do Laboratório de Pesquisa da ESET América Latina.

Da Redação

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

um × um =