Orquestra toca Pixinguinha em homenagem aos trabalhadores

Performance musical vai ser feita por oito instrumentistas do naipe de madeiras e dois de percussão. (Foto: Rodrigo Alves)

Profissionais da área da saúde que atuam na linha de frente no combate à Covid-19 serão homenageados pela OSP (Orquestra Sinfônica de Piracicaba), nesta sexta-feira (30), véspera do Dia do Trabalhador. Às 20h, o público poderá assistir a uma obra de Pixinguinha e uma mensagem de incentivo a estes trabalhadores, via Facebook, Instagram e YouTube.

A performance musical será feita por oito instrumentistas do naipe de madeiras e dois de percussão, que executam a canção “Rosa”, uma das composições mais conhecidas de Pixinguinha (1897-1973), gravada em solo de flauta no ano de 1917 e que só alcançou sucesso nacional 20 anos depois, lançada junto de “Carinhoso”, na voz de Orlando Silva.

Enquanto a música é apresentada, os demais músicos da Orquestra se revezam entre os mosaicos do vídeo para empenharem cartazes com uma mensagem de agradecimento aos médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos e demais profissionais da área.

No início do vídeo, há também uma mensagem do diretor artístico associado da OSP, o violoncelista piracicabano André Micheletti. Segundo ele, o desejo da Orquestra é que a rotina seja retomada e que as pessoas tenham acesso às artes, ao trabalho e às riquezas do País, mas para isso é necessária saúde. “Como orquestra, além de cumprir a missão de levar a arte ao público, reconhecemos a dedicação desses trabalhadores, em prol do bem-estar de todos os cidadãos”, diz ele, que é professor de música na USP de Ribeirão Preto.

Os arranjos de Rosa têm a assinatura de Reinaldo dos Anjos, enquanto a edição de vídeo e tratamento de áudio são de Felipe Martim Coelho. Ambos são, respectivamente, clarinetista e trombonista da Sinfônica.

A programação da Temporada 2021 começou em março pelas redes sociais e, desde então, de forma completa (sob regência do maestro Jamil Maluf, diretor artístico e regente titular) ou se revezando entre os naipes de cordas, madeiras, metais e sopros, os músicos tocaram obras de Georges Bizet, Mozart, Joseph Haydn, Gilberto Gagliardi, Giovanni Gabrieli, Antonín Dvořák e Edvard Grieg.

O vídeo integra as ações da Temporada 2021 da OSP, que tem ainda o apoio do Bom Peixe, Grupo Pirasa, Indústrias Marrucci, Café Morro Grande e Santa Massa, por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC). A realização é do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. O patrocínio prata é da Caterpillar e o patrocínio bronze é da Comgás.

Da Redação

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

1 + um =