Pai e filha mortos em acidente na Hermínio Petrin foram sepultados hoje em Charqueada

Pai e filha de 3 anos não resistiram (Alessandro Maschio/JP)

Uma tragédia marcou a família do auxiliar de produção Marcelo Alves de Souza, 32 anos, no início da noite da quarta-feira (05), na Rodovia Hermínio Petrin (SP-308), no sentido Piracicaba a Charqueada. Ele tinha acabado de deixar a mulher em trabalho de parto, no Hospital da Unimed e estava a caminho da casa da mãe para deixar seus filhos de 7 e 3 anos, quando bateu de frente com um caminhão. Ele e a filha caçula não resistiram. O filho mais velho foi levado ao HFC (Hospital Fornecedores de Cana), onde permanece internado em estado estável, segundo a família.

Dor e comoção marcaram os sepultamentos de pai e filha (Alessandro Maschio/JP)

Um motorista que seguia na mesma rodovia disse que ouviu um grande barulho e em seguida percebeu que o Celta conduzido por Souza apagou todos os farois. “A pancada foi tão forte que apagou todas as luzes do Celta aí ficou uma escuridão quase bati na traseira do Celta”, relatou. “Não deu para ver foi muito rápido, e eu com outros motoristas saíram para o acostamento derrapando foi muito rápido”, informou a testemunha do acidente, na página do Facebook do Jornal de Piracicaba.

Uma familiar das vítimas, ouvida pela reportagem, relatou que os médicos e uma psicóloga do hospital, esperaram o parto e somente após o nascimento da filha do casal, relataram à mulher sobre o trágico acidente. “Até agora, ela só chora. Estou a caminho do cemitério para conseguir mais informações sobre o sepultamento (pai e filha), que acontecerá em Charqueada”, relatou a familiar.

SEPULTAMENTO
Dor e comoção marcaram o sepultamento de pai e filha, no Cemitério Municipal de Charqueada. O velório de Souza e da filha de três anos começaram por volta das 15h30 de ontem e foram sepultados cerca de três horas depois. Vítima residiam, no Jardim Santa Inês 2, em Piracicaba.

O ACIDENTE
Segundo o boletim de ocorrência, os policiais rodoviários constataram por meio de vestígios, marcadas e posições dos veículos, que o motorista do caminhão seguida na rodovia no sentido Charqueada a Piracicaba, quando o Celta da vítima teria invadido a contramão de direção e bateu de frente com o outro veículo.
O motorista do caminhão foi socorrido à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) na Vila Sônia. Ele fez o teste do bafômetro que resultou em negativo para consumo de bebida alcoólica. Pai e filha morreram no local, outro filho de 7 anos foi levado ao HFC, onde permanece internado.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

3 × cinco =