Palmeiras foi derrotado e a Copa do Brasil terá três sulistas nas semifinais (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

O Palmeiras perdeu para o Internacional na noite da última quarta-feira (17) e está eliminado da Copa do Brasil 2019. O confronto foi disputado no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, e terminou com vitória dos gaúchos por 1 a 0, gol de Patrik, porém como o Verdão venceu o primeiro jogo também por 1 a 0 a definição do classificado foi para decisão por pênaltis, vencida pelo Inter por 5 a 4. Mesmo eliminado, o Verdão continua na liderança do Brasileirão e na próxima terça-feira (23) enfrenta o Godoy Cruz-ARG pelas oitavas de final da Libertadores. Pela competição nacional, joga contra o Ceará, no sábado (27), às 19h, em Fortaleza.

Após a eliminação, o técnico Luiz Felipe Scolari, o Felipão, elogiou o desempenho dos gaúchos. “O Internacional jogou bem, fez uma grande partida. Jogou melhor no primeiro tempo. Depois as coisas equilibraram, mas o Internacional já tinha feito o gol. No segundo tempo mudou um pouco, ficou meio parelho. Só fomos equilibrar no segundo tempo, com a entrada do Moisés”, completou o treinador, projetando a sequência da temporada. “Não temos que crucificar A ou B, temos de jogar futebol com a mesma qualidade que nós temos. Em determinados momentos alguém pode ser superior. Conversaremos e pronto. Não acontecerá nada com o meu time, jogaremos o futebol que sempre jogamos. Ganharemos alguns jogos, perderemos, quem sabe, algum jogo, mas não montaremos fantasma para o próximo jogo”, afirmou.

O gol do jogo foi marcado por Patrik, aos 40 minutos do primeiro tempo. Na jogada pelo meio, Edenílson chutou em cima da defesa e o rebote sobra para o Patrik bater da entrada da área. A bola desviou em Luan e encobriu o goleiro Weverton. No segundo tempo, o Inter fez 2 a 0 com Victor Cuesta, porém o tento foi anulado pelo VAR.

Mesmo com a derrota, Felipão disse que fantasmas da partida não serão criados (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Na disputa por pênaltis, os três primeiros batedores (Guerrero e Rafael Sobis do Inter, e Bruno Henrique, do Palmeiras) converteram suas cobranças, enquanto que Gustavo Gómez teve a sua penalidade defendida por Marcelo Lomba. Na terceira cobrança das equipes, Edenilson e Diogo Barbosa marcaram. Na quarta, Rodrigo Lindoso e Luan também converteram seus pênaltis, sendo que na cobrança do palmeirense, a bola bateu no travessão, ricocheteou nas costas de Lomba e entrou pro gol. Em sua última cobrança, o Inter errou com Patrik e o Palmeiras igualou a sequência com Willian. Nas alternadas, Nonato marcou para o Inter, enquanto que Moisés chutou no travessão, selando a classificação do Colorado e eliminação do Verdão.

Nas semifinais, o Internacional enfrentará o atual bicampeão Cruzeiro, enquanto que o Grêmio jogará contra o Athletico Paranaense. Esta edição é a segunda na história da Copa do Brasil com três equipes do Sul na semifinal, representando 75% dos classificados. Na edição de 1991, os sulistas nesta fase foram o Criciúma, de Santa Catarina (campeão), Grêmio, do Rio Grande do Sul e o Coritiba, do Paraná.

Mauro Adamoli

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × dois =