Palmeiras e Grêmio jogam novamente em Porto Alegre

Após empate no Brasileiro, confronto será pela Libertadores (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Após o empate no último sábado (1 a 1), Palmeiras e Grêmio voltam a se enfrentar hoje, às 21h30, novamente na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, mas agora o jogo será válido pela ida das quartas de final da Copa Libertadores 2019. O Verdão eliminou o Godoy Cruz-ARG na fase anterior, enquanto que os gaúchos eliminaram o Libertad-PAR.

O Palmeiras completou seis jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro, com cinco empates e uma derrota, e mesmo diante do fraco desempenho, o técnico Luiz Felipe Scolari, técnico da equipe, disse que a equipe não mudará a forma de jogar. “Não farei nada de diferente (na Libertadores), está bem o time. Pode não ter conseguido os resultados, já que há sempre um lance ou outro fortuito que não vinha acontecendo, como o do último jogo, do zagueiro batendo na bola daquela forma. São lances que estão acontecendo e vamos assimilando esses golpes. Jogaremos da mesma forma que estamos jogando, já que os últimos quatro ou cinco jogos não estou feliz com o resultado, mas contente com a equipe”, explicou Felipão.

Após a partida, Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, elogiou a equipe palmeirense, porém disse que pela Libertadores a postura e a atitude dos gaúchos serão diferentes. “A maneira do Palmeiras em jogar é quase igual à de hoje (sábado), a diferença é que terei muitos jogadores diferentes na terça-feira (hoje). Sempre disse que o plantel do Palmeiras, junto com o do Flamengo, são os melhores do Brasil, já que tem diversas opções”, explicou Renato.

Antes do empate no último sábado (17), o Palmeiras havia vencido o Grêmio nos últimos dois jogos entre as equipes em Porto Alegre, por 2 a 0, dois gols de Willian, e 3 a 1, gols de Dudu (duas vezes) e Moisés, com Michel descontando, pelo Brasileirão de 2018 e 2017, respectivamente. A última vitória Tricolor sobre o Alviverde no Sul foi pela Copa do Brasil 2016, quando venceu por 2 a 1, gols de Ramiro e Pedro Rocha, com Zé Roberto descontando.

Palmeiras e Grêmio se enfrentam pela 12ª vez em um confronto mata-mata e a vantagem pertence aos gaúchos, com seis classificações e cinco eliminações diante do Verdão. As vitórias do Grêmio foram duas pelo Brasileiro (quartas em 1990 e 1996), três pela Copa do Brasil (quartas em 1993 e 2016 e oitavas em 1995) e uma pela Libertadores (quartas em 1995). O Palmeira saiu com a classificação em três edições da Taça Brasil (2ª fase em 1991, quartas em 1965 e semifinal em 1967) e duas da Copa do Brasil (semifinal em 1996 e 2012). Curiosamente, o técnico Felipão esteve em cinco deste confrontos, sendo quatro como técnico do Grêmio e uma no comando do Palmeiras.

Mauro Adamoli