São Paulo tenta a primeira vitória no Alianz Parque, enquanto o Palmeiras quer se aproximar da liderança. (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Palmeiras e São Paulo se enfrentam hoje, às 19h30, no Allianz Parque, em São Paulo, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019. Será um confronto entre equipes que estão no G-4 da competição, já que o Verdão é o vice-líder (57 pontos) e precisa vencer para diminuir a diferença para o líder Flamengo (67). O Tricolor está na 4ª posição (49 pontos) e mais um triunfo encostará no 3º colocado Santos, que tem 52 pontos e duas vitórias a mais que o São Paulo.

Logo após a vitória diante do Avaí, o técnico Mano Menezes projetou a partida diante do São Paulo. “Bem provável que, destes jogadores que estão fora, o Luiz Adriano não esteja ainda no clássico. É um jogo grande, importante para o torcedor e para nós. Temos de entrar com todas as condições ou quase todas para render bem”, disse o técnico Mano Menezes, que poderá ter a volta do lateral Marcos Rocha e do atacante Willian, que treinaram normalmente na última segunda-feira (28) e têm grandes chances de reforçarem a equipe neste Choque-Rei.

Também após a vitória de sua equipe no último domingo, o técnico do São Paulo, Fernando Diniz, foi questionado se Igor Gomes será o titular nesta quarta, porém o treinador não cravou o jogador no time, mas disse que tem as mesmas chances dos outros destaques da equipe. “O Igor Gomes é um dos titulares, porém venho dizendo que o time não se faz de 11 titulares, porém sempre tentamos colocar os 11 melhores para iniciar a partida e prova disso é que já trocamos o time várias vezes desde que cheguei. Nestas partidas jogadores importantes ficaram de fora e a equipe não oscilou, portanto o elenco é forte e temos muito mais que 11 titulares”, disse Diniz, que poderá ter o retorno do lateral Daniel Alves e Luan, que cumpriram suspensão. Juanfran e Toró se recuperam de contusões, mas já foram reintegrados ao elenco.

O São Paulo jogará pela 9ª vez no Allianz Parque desde a construção da arena palmeirense e ainda não venceu o rival no local, acumulando um empate e sete derrotas, com apenas quatro gols marcados (média de 0,5 por jogo) e 21 gols sofridos (média de 2,6 por jogo). Além de não vencer no local, o Tricolor acumula derrotas pesadas para o rival, como um 4 a 0 no Brasileirão de 2015 e dois 3 a 0, válidos pelo Paulistão 2015 e 2017, respectivamente.

Mesmo com o histórico ruim, Fernando Diniz diz que uma nova história será escrita na quarta-feira e que o tabu não pesará para sua equipe. “Pessoalmente não levo muito essas questões em consideração. É um fator importante para o Palmeiras jogar no Allianz, do mesmo que jeito que é para nós jogarmos no Morumbi, mas isso não é determinante. O que será crucial para a partida é em relação ao que os jogadores produzirão dentro do campo, portanto faremos o nosso melhor que pudermos para fazermos um grande jogo”, disse Diniz.

O último jogo entre eles no Allianz foi na semifinal do último Paulistão, e terminou em 0 a 0 (na primeira vez que o Tricolor não perdeu na Arena) e o São Paulo eliminou o rival nos pênaltis. A última vitória do Verdão foi no Brasileirão de 2018, quando venceu por 3 a 1, com dois gols de Willian e um de Dudu, com Edu Dracena (contra) marcando o gol Tricolor. A última vitória só São paulo como visitante no confronto foi no Brasileiro de 2014, quando venceu por 2 a 1, gols de Pato e Alan Kardec, com Henrique Dourado marcando o tento palmeirense.

Mauro Adamoli

[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezenove − 9 =