Para evitar aglomerações, tradicional bolo de Santo Antônio tem vendas antecipadas

Crédito: Claudinho Coradini/JP

Para evitar aglomerações no Dia de Santo Antônio de Pádua, padroeiro de Piracicaba (SP), a Catedral da cidade está realizando a venda antecipada do tradicional Bolo de Santo Antônio, que é carinhosamente lembrado na devoção popular como “santo casamenteiro”, além de ser comumente invocado por fiéis que precisam encontrar objetos perdidos.

Os pedaços com aproximadamente 700 gramas custam R$ 25 cada e devem ser comprados no balcão de atendimento da Catedral, de terça-feira a domingo, das 7h30 às 12 horas. Já a entrega das porções adquiridas previamente ocorrerá no Dia de Santo Antônio (13 de junho), das 6 às 12 horas, no Salão Social da paróquia (Rua Boa Morte, 1.004 – Centro).

Em Piracicaba, o bolo do santo casamenteiro é confeitado anualmente por voluntários, tem recheio de goiabada e pesa em média 1.500 quilos no total. Neste ano, cerca de 20 pessoas vão ajudar na preparação, que começa na véspera do Dia do Padroeiro. 

O pároco da Catedral, padre Ronaldo Francisco Aguarelli, informou que o objetivo é vender cerca de dois mil pedaços antecipadamente para evitar aglomerações. Por isso, a retirada das porções deverá ser feita pelos fiéis de maneira rápida – pegar e levar –, respeitando protocolos de segurança, como uso de máscara, distanciamento mínimo e higienização das mãos com álcool.

Arrecadação
Os recursos arrecadados com a venda do bolo serão destinados para o custeio das atividades da Paróquia de Santo Antônio e, consequentemente, darão condições para manutenção de obras de evangelização e caridade realizadas pela Igreja.

“Existe também a tradição, até folclórica, de chamar Santo Antônio de ‘o santo casamenteiro’. Há relatos de pessoas que adquiriram um pedaço do bolo, pediram a interseção de Santo Antônio e conseguiram arrumar o ou a pretendente. Então, quem comprar estará ajudando a Igreja, vai comer um delicioso bolo e poderá contar com uma força muito grande do santo, caso também queira se casar”, disse padre Ronaldo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

oito + 18 =