“Paradas pro Sucesso” leva mensagem que parar de fumar ajuda a se prevenir dos riscos da covi-19

Campanha é uma grande chamada para a vida, tanto do indivíduo quando da sociedade (Foto: Amanda Vieira/JP)

Algumas pessoas têm visto a pandemia como um momento de reflexão e se questionam sobre o futuro. Mas determinadas mudanças de hábitos, como parar de fumar, já podem ser feitas e inclusive ajudam a passar pela crise com mais saúde e sem fazer parte do grupo de risco. É esta oportunidade que a campanha antitabagista “Paradas pro Sucesso” quer enfatizar, por meio de mensagens que serão transmitidas por artistas de Piracicaba e região nos meios de comunicação da cidade.

Idealizada pela médica cardiologista Juliana Barbosa Previtalli e o músico Luís Fernando Dutra, o objetivo da campanha é lembrar que o tabagismo é uma doença grave e pode ter cura. “A OMS [Organização Mundial da Saúde] alerta que os tabagistas são grupo de risco para a doença”, conta Juliana. “A interrupção do tabagismo tem um impacto positivo quase imediato na saúde do coração e dos pulmões e isso melhora a condição dos indivíduos lutarem contra a infecção [covid-19] e reduzir o risco de morte”, lembra.

Para Dutra, a campanha é “uma grande chamada para a vida, tanto do indivíduo quando da sociedade”. O músico lembra ainda dos chamados fumantes passivos, que são aqueles que convivem com uma pessoa que fuma. “[…] Um fumante que deixa de fumar está fazendo um grande benefício a si mesmo, a sua família e a toda sociedade”, opina.

De acordo com a pesquisa Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) de 2019, 9,8% dos brasileiros fumam. Este índice vem diminuindo nos últimos anos, como lembra a doutora Juliana, com a ação das campanhas de conscientização do governo, porém, na contramão, esse hábito vem aumentando entre os jovens. “Preocupa-nos muito a sedução dos jovens pela indústria do tabaco em novas formas de consumo da nicotina, como o cigarro eletrônico, Vape, Juul, Narguilé”, pontua a médica.

Além de Dutra, participam da campanha os artistas Júlia Simões, Pá Moreno, Romualdo Sarcedo, Cíntia Pinotti, Marcos Moraes, Cintya Soares, Douglas Simões, entre outros. Em cada vídeo, o artista executará um trecho de uma música e lerá uma frase sobre o tema antitabagismo.

“O artista sempre carrega consigo um amor pelas pessoas, pela vida. Todas as manifestações artísticas têm como missão levar entretenimento, diversão, informação, sensibilidade e amor a todas as pessoas. […] Então a arte tem esse poder de chamar as pessoas para a vida, e que bom se as pessoas trocassem um vício maléfico por um vício tão saudável como a arte, a vida”, reflete Dutra.

O Jornal de Piracicaba está entre os apoiadores da campanha “Paradas pro Sucesso”.

Andressa Mota