Paraquedistas quebram recorde nacional e mundial em Piracicaba

Isabella saltou 115 vezes, enquanto Julie completou 75 saltos Foto: Claudinho Coradini/JP

O aeroporto Pedro Morganto, em Piracicaba, foi o palco de recordes nacionais e mundiais quebrados nesta semana. As paraquedistas Isabella Castro Moreira e Julie Vidotti, ambas com mais de cinco mil saltos de paraquedas na carreira, cada uma, adicionaram mais alguns para o seu currículo.

As duas quebraram o recorde nacional de saltos feminino durante um dia. Entre às 6 e às 19h30, Isabella saltou 115 vezes, ultrapassando com sobras o recorde entre brasileiras, que era de 50 em 24h, e ainda conquistou o recorde mundial da categoria. Julie também bateu o recorde nacional, mas foi impedida de continuar em razão de uma lesão na mão, permanecendo na marca de 70 saltos.

As paraquedistas estiveram acompanhadas de Luiz Henrique Santos, o Sabiá, uma lenda no paraquedismo mundial e dono de diversos títulos e marcas no esporte, com mais 14 mil saltos de mais de 300 tipos de aeronaves diferentes e coleciona títulos internacionais de paraquedismo.

AS ATLETAS
Isabella Castro Moreira é instrutora, com 5.800 saltos, pertence à equipe feminina de competição do Exército chamada Os Cometas. Julie Vidotti é instrutora, com 5.000 saltos e recordista brasileira de maior formação em queda Livre 103 way.

Devido às restrições de aglomerações por conta da pandemia da covid-19, não foi permitida a presença de público no aeroporto. Apenas a equipe técnica da ABPQD, responsável pelos saltos, equipe administrativa da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo e imprensa.

Mauro Adamoli

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezenove − sete =