Cão Iron localizou mais de 300 porções de maconha, crack e cocaína com o suspeito (Foto: Divulgação)

O pastor belga de malinois Iron localizou uma sacola com 333 porções de maconha, crack e cocaína, anteontem, na residência de um suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas, no Jardim Camargo.

Por volta das 16h30 de anteontem, os policiais realizavam patrulhamento de rotina quando avistaram um rapaz que teria demonstrado nervosismo após perceber a aproximação dos policiais. Ele foi abordado e com ele, os policiais teriam localizado dois celulares, uma porção de maconha, além de R$224 em dinheiro.

Enquanto o rapaz estava sendo revistado, a mãe dele chegou no local. Ela foi questionada se havia mais entorpecentes em casa, mas negou. A mulher teria se prontificado a levar os policiais até a sua residência e permitiu a entrada deles.

Os policiais levaram o cão Iron que conseguiu localizar a sacola com o restante de entorpecentes no quintal em meio a entulhos.

O suspeito foi encaminhado ao plantão policial, onde foi autuado em flagrante sob acusação de tráfico de drogas e depois encaminhado para a carceragem anexa ao 1o Distrito Policial, onde ficou até ser apresentado à audiência de custódia.
O acusado não quis informar quem seria o fornecedor dos entorpecentes.

GUARDA CIVIL

Durante outra abordagem distinta realizada pela Guarda Civil, na Comunidade Vera Cruz foi apreendido uma sacola com quatro tijolos de maconha, duas pedras de crack, dois pacotes de cocaína, 396 pinos da mesma droga e 3 mil microtubos vazios.

Segundo a GC, um homem teria jogado a sacola com os entorpecentes assim que percebeu a aproximação dos patrulheiros. Ele correu em direção à comunidade. Os guardas tentaram abordá-lo, mas o suspeito conseguiu escapar.

As porções de drogas foram apresentadas no plantão policial, mas os guardas não conseguiram identificar quem seria o responsável pelas drogas.

Cristiani Azanha

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três + dezesseis =