Pavimentadora assoreou córrego do bairro Lago Azul

Empresa foi notificada, mas prefeitura não informou prazo para conclusão do serviço. Obras estão paradas e moradores relatam acúmulo de água e risco de inundação (foto: Amanda Vieira/JP)

A Prefeitura de Piracicaba notificou a empresa responsável pelas obras de pavimentação do bairro Lago Azul a fazer a limpeza e desassoreamento do córrego que foi atingido pelo material retirado das vias e por galhos de árvores. A administração municipal não informou o prazo para conclusão dos serviços.

Moradores vizinhos à lagoa e ao córrego que receberam o material reclamaram ontem do acúmulo de água e dos riscos de inundação das residências, caso chova nos próximos dias.

De acordo com a dona de casa Maria Bernadete Donato, há anos os moradores da avenida José Ramiro sofrem com os transtornos causados pelas chuvas. Ela contou que há alguns anos, a casa dela, da filha e de outro parente – que são vizinhas – foram inundadas. “Nós perdemos todos os móveis e precisamos comprar tudo novo, a prefeitura e o Semae (Serviço Municipal de assessorialando a limpeza do crmou que as obras estas az dias que ntar acabar com os problemas causados. “Água e Esgoto) não nos ajudaram em nada” lembrou.

A filha da dona de casa, Adriana Aparecida Donato Rosa, disse que com o assoreamento do córrego, a água parada está com mau cheiro e é impossível suportar o transtorno.

Quando começa a entardecer a situação piora, é muito mau cheiro”, reclamou acrescentando que ela e a mãe tentaram ligar na prefeitura mas não conseguiram. A auxiliar de cozinha disse que vizinhos falam em pedir para que as obras parem, a fim de acabar com os problemas causados. “Não acho certo parar, precisamos do asfalto se eles começaram, têm de terminarque façam o serviço certo”, afirmou.

OBRAS PARADAS

Mãe e filha contaram que, desde a última segunda-feira, não há movimetação das obras de asfaltamento nas ruas do bairro. “As máquinas ficavam sempre paradas aqui perto da lagoa, mas faz dias que não tem mais movimentação nenhuma”, observou Adriana.

A assessoria de imprensa da prefeitura informou que as obras estão paradas porque a empresa está providenciando a limpeza do córrego.

Beto Silva
[email protected]