Peça de teatro capta histórias de partidas

Foto: Alessandro Maschio/JP

Projeto ‘A Partida’ será encenado em março de 2022, prevê criador da peça

Histórias de quem foi é o foco do projeto de teatro ‘A Partida’ do ator Felipe Lode em parceria com o Núcleo Dédalos. Em fase de captação de histórias, todos que têm um episódio para contar sobre uma despedida pode fazer seu relato até o fim deste mês (veja como participar ao fim desta matéria).

“As histórias poderão ser sobre viagens, sobre mudanças de vida, saudades de alguém que se foi ou até mesmo uma história que você quer contar, mas nunca teve coragem de falar para ninguém”, explica Lode.

A previsão é de que a encenação aconteça em março de 2022 no palco tradicional para o público. “A princípio, o desejo é que a peça seja encenada em um espaço cênico, porém, se ano que vem ainda continuarmos nesse cenário de isolamento [por conta da pandemia de covid-19], o conteúdo passará a ser virtual.”

Lode iniciou no teatro quando criança. “Frequentava o teatro do colégio e participei como ator de 1997 até 2002 do espetáculo ‘Minutos de Magia’, do Colégio Anglo de Piracicaba.” Em 2002, o ator cursou técnico de teatro na Art Studio – uma escola de teatro de Campinas que ficou dois anos em Piracicaba ministrando cursos para teatro e televisão.

De 2012 a 2014, residiu em São Paulo, quando participou das oficinas de teatro do grupo Os Satyros, na Praça Roosevelt. “No projeto [A Partida] estão envolvidas a dançarina Luiza Banov, do Núcleo Dédalos, que assinará a direção, e também, a cantora de rap Ju Pat, que contribuirá com a parte musical da peça.”

Assim que finalizar a fase de captação das histórias, Lode buscará um fundo de cultura para suporte financeiro ao projeto. “Primeiro, vamos construir a dramaturgia, e então, posteriormente, iremos captar recursos”.

PARTICIPE!
O prazo para enviar as histórias para ‘A Partida’ vai até o dia 31 deste mês. Se a opção for o formato vídeo, o arquivo deve ter, no máximo, cinco minutos de duração. Também há a opção de fazer o relato do seu caso por escrito. Em ambos os formatos, use o e-mail [email protected] – no campo assunto da mensagem deve constar o nome completo e número do seu WhatsApp. As histórias selecionadas receberão um contato de retorno.

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

12 − três =