Peça-filme fala sobre angústia com pitadas de comédia do cotidiano

Foto: Ayrio Traczenko/Divulgação

Três histórias inusitadas tratam sobre o tema em formato diferente e gratuito

A peça-filme ´Angustia-me!´ tem hoje seu último dia de apresentação grátis da quarta temporada – retire seu ingresso no site da Sympla (busque pelo nome da apresentação ou leia o QR Code desta matéria). Bom para quem gosta de comédia e drama, as situações trazem ansiedades, neuroses e inquietudes presentes no cotidiano humano.

De autoria das dramaturgas Julia Spadaccini – premiada autora da série ‘Segunda Chamada’ da TV Globo) e Marcia Brasil, o espetáculo apresenta referências na literatura, nas artes plásticas, na poesia, na música, na filosofia e na psicanálise para definir o termo angústia.

A trama se divide em três momentos. Começa com o encontro entre um vendedor de uma loja de roupa masculina e uma balconista de uma loja de fast-food no fumódromo de um shopping.

A cena seguinte acompanha uma necromaquiadora – que sonhava em maquiar a Liz Taylor – em seu trabalho no corpo de uma operária que morreu numa queda acidental da janela do refeitório ao passar seu batom vermelho.

A terceira história se passa em um set de filmagem, quando um jovem ator pornô, em sua primeira participação num filme gay, conversa com um ator veterano, apaixonado por poesia, enquanto aguardam o início das filmagens.

“A ideia do espetáculo surgiu depois que o filho de seis anos de uma amiga tentava explicar um determinado sentimento. Chegamos à conclusão de que ele estava com angústia, esse estado de inquietude que invade todos nós, não importa a faixa etária ou a classe social”, lembra o diretor Alexandre Mello.

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

vinte − doze =