Ele disse sim na tarde deste domingo. (Divulgação/Arquivo Pessoal)

Você aceitaria um pedido de casamento estampado em um ônibus? Desde janeiro um veículo da empresa Via Ágil circula pela cidade com a pergunta: “Vinícius, casa comigo?”. Nesta tarde, ele disse sim. O pedido foi feito no Terminal Central de Integração (TCI), onde o casal Karina Kelly de Alcantara de Paula, 33, e Marcus Vinícius de Paula, 34, se conheceu há 15 anos. A surpresa contou com a ajuda de amigos, familiares e funcionários da empresa onde Karina trabalha, além da torcida de quem acompanhou a campanha pelas redes sociais.

Marcus Vinícius e Karina estão juntos há 15 anos. (Divulgação/Arquivo Pessoal)


Era um dia chuvoso de maio de 2004 quando o destino “deu uma mãozinha” e fez com que Vinícius ficasse um tempo a mais no TCI e pegasse dois ônibus depois do que ele embarcava todos os dias. Naquele dia, ele encontrou uma garota de mochila vermelha nas costas que não saiu mais dos seus pensamentos. Foi no TCI que os primeiros olhares se cruzaram e então foi “paixão à primeira vista”.


Nesta tarde, embarcaram no ônibus personalizado amigos próximos e familiares, que foram levados ao TCI. Com a desculpa de que receberia o dinheiro de uma venda, Karina conseguiu levar Marcus Vinícius até lá. Chegando no terminal, os passageiros do ônibus começaram a descer e, como parte da surpresa, Karina declarou seu amor pelo companheiro e fez o pedido de casamento ajoelhada.

O par de alianças estava em uma bolsa vermelha – para remeter ao primeiro encontro. “É uma renovação também da gente, dos nossos votos. É uma forma de dizer pra ele que eu o amo muito e pretendo ficar com ele para sempre. Já passou da hora da gente casar mesmo”, conta Karina.


Além do pedido de casamento no mesmo lugar do primeiro encontro, o casal tem marcado na pele o que os uniu: um ônibus do cotidiano.

O casal marcou na pele a referência de onde se conheceram em 2004. (Divulgação/Arquivo Pessoal)


Mesmo com a pouca idade, na época Karina tinha 17 e ele 18 anos, em 2004 eles já souberam no dia do primeiro beijo, em 7 de maio de 2004, que seria para sempre. O pedido de casamento na tarde de hoje, como conta Karina, que planejou tudo com a ajuda de alguns cúmplices – entre eles os filhos do casal, Nataly e Murilo, veio como uma prova do amor que ela sente por ele.

O casal tem dois filhos: Nataly e Murilo. (Divulgação/Arquivo Pessoal)


A surpresa realizará o sonho dele, que sempre quis casar-se com um terno branco. “O sonho dele sempre foi casar de terno branco. Mas eu sou uma pessoa que nunca sonhou com casamento, acho bonito e tudo mais, só que fui muito frustrada pelo relacionamento dos meus pais”, relata Karina. Ela e a mãe sofriam violência doméstica. Agora, com a felicidade do relacionamento e a expectativa do pedido de casamento, Karina está ansiosa para se vestir de noiva para o grande dia.


De um tempo para cá, como o casal não passa pelos melhores momentos, Karina sentiu que é preciso dar um passo a mais. “Acabei tendo a ideia de fazer uma loucura de amor, de adesivar um ônibus e mostrar em público que amo muito ele”, completa.


A ideia do pedido se transformou em uma missão para a equipe de marketing da Via Ágil. Para divulgar a prova de amor e conquistar torcedores para o tão esperado “sim”, uma página foi criada no Instagram (@embarquenoamor), que em menos de um mês já conta com 740 seguidores. “A gente está muito feliz com toda essa situação, a gente não esperava que ia dar esse auge, mas deu, então a gente se sente realizado com isso”, relata Iane Caldeira da Silva, da área de marketing da empresa e quem foi responsável pela arte para adesivar o ônibus e pelo conteúdo da página na internet.

O PRIMEIRO BEIJO

Karina e Marcus Vinícius estão juntos desde 2004. (Divulgação/Arquivo Pessoal)


Dois dias depois da troca de olhares no TCI em 2004, Vinícius fez questão de esperar por mais de uma hora no terminal pelo mesmo ônibus que Karina tomava para ir para casa. “Eu usava uma bolsa vermelha. E foi assim que ele me marcou”, ela lembra em detalhes.


“Nesse segundo dia em que nos vimos no ônibus, ele ficou com vergonha de conversar comigo, porque minha mãe estava [comigo]. Ele não parou no ponto dele, ficou no ônibus até eu descer pra saber onde eu morava. Então ele olhou para trás e demos tchau um para o outro”, conta Karina como se fosse ontem.

No dia seguinte, o dia do primeiro beijo, Vinícius esperou Karina no ponto de ônibus próximo à casa dele. “Olhei pela janela pra ver se ele estaria lá e dei de cara com ele, […] e quando desci do ônibus ele já estava subindo em minha direção. Tive que chamar ele [porque] era muito tímido. Daí então começamos a conversar e foi um sentimento mútuo e profundo. [Era] como se eu já não pudesse existir sem ele por perto”, reflete.

Andressa Mota

[email protected]

1 COMENTÁRIO

  1. Linda história! O amor é convivência e partilha, mas esses dois souberam já no primeiro olhar que Deus os havia feito para compartilhar essa coisa maravilhosa que é o amor . Parabéns ao casal e que Deus continue abençoando essa família linda que o Amor deles formou❣️

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

17 + 16 =