Penitenciária: irmã de detento esconde microcelulares em cadeira de rodas

0
379 views
Dez microcelulares foram apreendidos (Divulgação/SAP)

Os agentes de segurança penitenciária localizaram dez microcelulares com baterias que estavam escondidos na tubulação de uma cadeira de rodas, que foi deixada pela irmã de um detento da Penitenciária Masculina de Piracicaba, nesta terça-feira (13). De acordo com a SAP (Secretaria da Administração Penitenciária), a mulher deixou a unidade, antes que os funcionários terminassem a revista. A ação despertou a atenção dos agentes.

Aparelho tem seis centímetros e estava escondido dentro de tubulação da cadeira (Divulgação/SAP)

A cadeira havia sido deixada na subportaria da unidade prisional para ser entregue ao sentenciado. A mulher não teria avisado antecipadamente os funcionários que iria realizar a entrega. A Secretaria instaurou inquérito para apurar se o irmão da suspeita está envolvido na ação. A Pasta ressaltou que as visitas estão suspensas no sistema prisional desde março, motivadas pela pandemia por conta da covid-19.

Os aparelhos foram apreendidos e serão encaminhados para a análise dos peritos do IC (Instituto de Criminalística).

Os aparelhos localizados têm apenas seis centímetros de tamanho. Apenas faz ligações e recebe SMS. São fabricados na China, mas não têm homologação da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Os aparelhos são encontrados facilmente pelos sites da venda da internet pelo um preço médio de R$ 230.

Cristiani Azanha

[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

um × 5 =