Penitenciária: Mulher é presa após ser acusada de levar maconha na comida ao filho

Droga estava escondida na salada (Divulgação/SAP)

Uma mulher de 55 anos foi presa após ser surpreendida com uma porção de maconha que estava escondida na salada. O alimento seria entregue ao seu filho que cumpre pena na Penitenciária Masculina de Piracicaba. A abordagem dos agentes de segurança penitenciária ocorreu no último domingo (12).

De acordo com a SAP (Secretaria da Administração Penitenciária), a mulher passava pelo procedimento de revista do ‘jumbo’ (alimentos que seriam entregues aos presos), quando localizaram a maconha. A mulher teria confessado que pretendia levá-la ao filho que está preso na unidade.

A visitante foi levada ao plantão policial, onde foi autuada em flagrante sob acusação de tráfico de drogas. Ela ficou na carceragem até ser apresentada à audiência de custódia.  No âmbito da unidade prisional, foi instaurado Procedimento Investigativo Disciplinar para apurar a participação do preso.

Em setembro de 2019, a companheira de um detento de 20 anos foi presa após ser acusada de entrar na Penitenciária Masculina de Piracicaba portando uma porção com maconha nas partes íntimas. Ela pretendia visitar o companheiro, que cumpre pena na unidade. Segundo os agentes de segurança penitenciária, a jovem passava pela revista com a utilização do escâner corporal, quando os funcionários perceberam que ela tinha um volume estranho na altura da cintura.

 

Cristiani Azanha

[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

vinte + dezessete =