Pequeno e confortável

Arquiteta dá dicas de como transformar seu ‘apê’ em um espaço lindo e aconchegante, independente do tamanho. (Foto: Freepik)

Com a correria do dia a dia, atrelado aos altos preços dos imóveis, muitas pessoas têm optado por morar em apartamentos com metragem reduzida. E não pense que essas moradias são sufocantes, desconfortáveis ou apertadas. Se a decoração for bem planejada, prática e minimalista, seu cantinho pode se tornar o melhor lugar do mundo para viver.

“É inevitável, as pessoas estarem simplificando seus padrões de vida. Grandes decorações e extravagâncias não combinam com a rotina corrida das cidades. Existem cada vez mais pessoas vivendo mais com menos”, diz a arquiteta e designer de interiores Marli Assis.




Marli conta quais são os primeiros passos para desenvolver uma cozinha reduzida. “Começo com o levantamento dos equipamentos, considero as dimensões da área, distribuo as bancadas, balcões, cubas e armários. O ideal é fazer móveis mais suspensos para otimizar o espaço”, explica.

Montar uma cozinha completa significa gastos e dores de, pois exige concentração aos detalhes e medidas, principalmente quando se tem menos espaço. “Ao contrário do que se pensa, quanto menor é a área, mais atenção é necessária para otimizar o uso. Ergonomia e volumetria são conceitos que precisam ser muito bem trabalhados, em especial quando se desenha peças especiais para atender demandas específicas”, enfatiza Marli.

Outra escolha que pode mudar a sensação de amplitude da cozinha é a cor das paredes e dos aparelhos. “Tons claros passam uma percepção maior de limpeza e espaço, mas é legal não ficar só no branco, isso pode deixar a atmosfera monótona. Paredes coloridas e até pastilhas adesivas com cores vibrantes podem dar mais personalidade”, enumera.

A designer também dá algumas dicas para criar ambientes aconchegantes em lugares pequenos com um toque pessoal. “O foco deve estar na circulação confortável, então o mobiliário precisa ter tamanhos compactos, porém aconchegantes. Integrar espaços pode permitir um layout mais bem resolvido e amplo”, relata a arquiteta.

A iluminação correta pode mudar completamente a percepção de espaço. “As luzes precisam estar sempre bem distribuídas, salienta.

Larissa Anunciato

[email protected]