“Permanecerá viva dentro de nós”, diz amigo de vítima durante velório em Piracicaba

Foto: Claudinho Coradini/JP

As três vítimas fatais do atentado ocorrido dentro de um ônibus no Centro de Piracicaba (SP), na tarde desta terça-feira (21), foram sepultadas na tarde de hoje. As vítimas fatais são Roseli Ramalho Ferreira, de 55 anos; Valdemar da Silva Venâncio, de 68 anos; e Adriana Coelho da Silva, de 42 anos.

A reportagem do JP esteve no Cemitério da Vila Rezende, onde ocorreu o velório de Roseli Ramalho Ferreira, funcionária do Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba. Com muita comoção, familiares e amigos fizeram a despedida. “Vamos falar um ‘viva’ bem alto para a nossa eterna irmã Rose, que esteve junto conosco dentro do Sindicato por quase 20 anos, e que permanecerá sempre viva entre nós”, comentou, alto, um dos amigos. Na sequência, uma salva de palmas repercutiu por todo cemitério.

O corpo de Roseli foi transladado para o Cemitério Parque São Pedro, no bairro Recanto das Águas, em São Pedro, onde acontecerá o enterro.

Valdemar da Silva Venâncio era natural do município de Castro Alves, na Bahia, mas residia há anos na rua Vinte e Três de Maio, no bairro da Paulista, em Piracicaba. O velório de Valdemar aconteceu às 12h desta quarta-feira (22) na sala 04 da Saudade. O sepultamento ocorreu às 17h, no mesmo local.

Já a terceira vítima fatal, Adriana Coelho da Silva, tinha 42 anos e era natural do município de Novo Cruzeiro, Minas Gerais. Ela residia há anos na rua Militão Prates Ferreira, na região do Vila Sônia, zona norte da cidade. Seu velório ocorreu às 14h no Cemitério Municipal da Vila Rezende; o sepultamento ocorreu às 17h, no mesmo local.

Velório de Roseli Ramalho, no Cemitério da Vila Rezende
Foto: Claudinho Coradini/JP
Foto: Claudinho Coradini/JP
Foto: Claudinho Coradini/JP

Rafael Fioravanti | [email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

15 + treze =