Pescadores são multados em mais de R$ 178 mil pela Polícia Ambiental

Peixes estava com tamanho inferior ao permitido pela lei (Divulgação)

Três pescadores foram multados em mais de R$ 178 mil, após serem flagrados com uma tonelada de peixes abaixo do tamanho permitido pela legislação. De acordo com Polícia Militar Ambiental, os acusados foram localizados na Rodovia Geraldo de Barros (SP-304), no Tanquã, em São Pedro, nesta sexta-feira (4). Eles ocupavam uma caminhonete GM/D20, rebocando uma carreta com barco e motor, onde em sua carroceria várias caixas utilizadas para o transportes de pescado da espécie Cuirimba. O tenente Daniel Jatobá, comandante da Polícia Militar Ambiental de Piracicaba disse que os peixes tiveram de ser destruídos, pois estavam sem condições sanitárias para uma eventual doação.

Abordagem ocorreu na SP-304 (Divulgação)

Os policiais participam da Operação Rodovia Mais Segura, quando localizaram os suspeitos, que transportavam o pescado todos abaixo do tamanho exigido por Lei, conforme Instrução Normativa do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) de 2 de Setembro de 2009.

Peixes não puderam ser doados (Divulgação)

Todos foram conduzidos à delegacia, onde o caso foi registrado pelo delegado Marcel William Oliveira de Sousa. As atuações foram agravadas por tratar-se de APP (Área de Proteção Ambiental).

A polícia apreendeu a caminhonete, barco de pesca, motor de barco, carreta de ferro sem placas e sem documentação, além de 42 caixas plásticas.

Cristiani Azanha
[email protected]