Pesquisador afro alerta alunos sobre o racismo

Foto: Alexandre Bragion

Com inúmeros contos do povo negro ignorados, o historiador Noedi Monteiro visitou a Escola Estadual Sud Mennucci, na tarde desta quinta-feira (26), para realizar um bate-papo sobre a consciência de jovens do Ensino Médio sobre a importância e o papel fundamental dos negros para construção da população piracicabana. A atividade também foi uma homenagem ao Dia da Comunidade Negra de Piracicaba, agora celebrado anualmente em 21 de abril.

Pesquisador da historicidade afro, Noedi Monteiro trabalhou com a temática para alertar aos alunos sobre a possibilidade do racismo e da injuria racial e, trouxe pontos importantes da história como figuras que não puderam assumir seus cargos ou que foram mortos de forma injusta. “Isso é uma prática de racismo institucional porque não se faria com um branco ou outra pessoa com posição na sociedade. Isso mostra o quanto a cor marca e determina o espaço”, comentou.

Monteiro também afirmou sobre a população negra atingir a maioria no Brasil, em um total de 56%, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). “Isso é uma baita de uma explosão. Faz com que o sistema se amedronte na expectativa que possamos ocupar o seu espaço e estejamos paralelos a eles”.

O objetivo da visita, segundo o historiador, foi mostrar que os estudos abrem porta para todos, independentemente da cor. “Basta estudar e ter um espaço. Isso pode surpreender porque a nossa luta negra vem da superação e, quando nós superamos, nós nos surpreendemos porque não somos esperados e desejados. Por isso, é comum nas revistas e reportagens o título: “o primeiro negro”, relata.

Noedi Monteiro fez a sugestão ao Projeto de Lei de autoria da vereadora Rai de Almeida (PT), que instituiu o Dia da Comunidade Negra de Piracicaba. “Nada melhor e mais justo do que celebrar a nossa presença. Quis despertar a consciência do piracicabano sobre os povos originários e dos negros na cidade”, disse.

Fernanda Rizzi
[email protected]

LEIA MAIS

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns Mestre Noedi Monteiro. Assunto atualíssimo e da maior importância, na desconstrução do racismo e para a auto estima dos jovens. ✊. Parabéns ao jornal de Piracicaba e a vereadora Rai de Almeida também.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

4 × cinco =