Pets dentro de casa

Gatos gostam de descansar em lugares suspensos. Foto: Divulgação/Petz

Animais de estimação fazem bagunça e sujeira, por isso é preciso saber o que usar para organizar

É difícil, hoje, encontrar alguém que não tenha afeição por animais. Alguns preferem gatos, outros cachorros, e tem os que amam calopsitas, roedores e répteis. De acordo com a Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos Para Animais
de Estimação), o brasileiro está entre as populações do mundo que mais procura a companhia animal.

O País é o terceiro do mundo com maior população de animais domésticos. São 54,2 milhões de cães, 23,9 milhões de gatos, 19,1 milhões de peixes, 39,8 milhões de aves e mais de 2,3 milhões de outros animais, totalizando 139,3 milhões de bichanos de estimação. E os números ficam maiores a cada ano.

E, apesar desse crescimento, as casas estão ficando cada vez menores, mais compactas, fazendo com que os animais fiquem cada vez mais dentro dos cômodos, em vez dos quintais, por isso é preciso saber como ter uma casa segura de higiênica para você e seu animal.

ESTOFADOS
Conciliar pets com estofados limpos e bem cuidados não é missão impossível, basta seguir algumas recomendações. Para Deyse Rosa, gestora de marketing e designer, na hora de comprar um novo sofá, é importante escolher um estofado com tecido resistente. “Leve em consideração tecidos de tramas fechadas para evitar que as unhas do seu pet possam causar algum tipo de dano”. Segundo ela, para sofás de tecidos mais leves,a impermeabilização é uma solução muito utilizada, “principalmente quando os animais ainda são filhotes e estão se adaptando ao ambiente da casa”. Deyse também aconselha que para impedir qualquer tipo de odores nos tecidos, a dica é manter os espaços sempre arejados no intuito de circular o ar de forma natural.

PRATELEIRAS
Para os gatos, o mundo é vertical. Principalmente os filhotes vão tentar subir nos lugares mais altos para descansar e explorar, por isso é melhor guardar as taças de vinho e louças caras dentro de armários fechados, pois os felinos provavelmente vão empurrar para o chão ou esbarrar nelas quando estiverem passeando. Uma dica é fazer uma estrutura de tábuas na parede da sala ou no quarto, para ele ficar escalando e brincando, pode até colocar uma cama ou caixa para ele se deitar. Isso ajuda a desestressar o animal e o deixar mais confortável com o seu próprio espaço, evitando problemas em outros cômodos como a cozinha.

Larissa Anunciato
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

4 × um =