PF diz que mudança para Pinacoteca é incerta

Secretaria de Cultura “ventilou” mudança da polícia

Os vereadores Rai de Almeida e Pedro Kawai reuniram-se com a delegada dia 3

Diferente do “ventilado” pela Semac (Secretaria Municipal de Ação Cultural), o prédio tombado e original da Pinacoteca Municipal Miguel Dutra, no Centro, a Polícia Federal (PF) não confirmou a vereadores sua mudança para o local. Os legisladores Rai de Almeida (PT) e Pedro Kawai (PSDB) conversaram com a delegada Melissa Maximino Pastor, na última sexta-feira (3). De acordo com o que disse a delegada aos vereadores, a PF estuda possibilidades e a transferência para Pinacoteca não está acordada. O Jornal de Piracicaba procurou, via e-mail, o órgão de segurança e aguarda respostas sobre o assunto.

Aos parlamentares, a delegada afirmou que até se surpreendeu quando viu ser veiculado nos jornais da cidade que a transferência da PF para a Pinacoteca estaria fechada e resolvida. Destacando a necessidade de ir para um novo imóvel, dada as condições atuais do prédio no qual hoje está instalada a PF em Piracicaba, Melissa Pastor afirmou que, de fato, a PF está à procura de um novo prédio e estudando as possibilidades oferecidas pelo prefeito Luciano Almeida (DEM). Ela concordou com o fato de o prédio da Pinacoteca estar dentro dos padrões necessários e desejados pela PF, mas informou que nada ainda está resolvido sobre a mudança.

À delegada, a vereadora Rai de Almeida expôs a situação que envolve o prédio da Pinacoteca hoje – necessidades de reforma e manutenção – e destacou, também, que entende não ser razoável que a polícia ocupe um espaço que é patrimônio artístico. “O prédio da Pinacoteca faz parte do Patrimônio Histórico e Cultural de Piracicaba. Sua preservação, como tal, como um próprio público municipal pertencente à cultura, é fundamental para história material e imaterial das artes piracicabanas e para a própria história da cidade”, disse Rai à delegada. Uma nova reunião será agendada para que os vereadores apresentem uma lista adequada de outros imóveis.

Cristiane Bonin
[email protected]

Leia mais:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

4 + onze =