Piracicaba acolhe demandas e é crucial às ações do Estado na RMP

Alexander Muniz de Oliveira, nasceu em Piracicaba, cresceu no distrito de Ártemis e começou a trabalhar aos 15 anos como aprendiz de ajustador mecânico com o objetivo de custear seus estudos. Ingressou no ensino superior cursando análise de sistema na Unimep – Universidade Metodista de Piracicaba. Entre outras funções, trabalhou como metalúrgico na cidade de São Pedro. Em 2018 aceitou o desafio e se candidatou a deputado estadual pelo Partido Social Democrático. Nascia o deputado estadual Alex de Madureira, eleito com mais de 118 mil votos. Líder do PSD em 2020, preocupado com a crise financeira causada pelos impactos da pandemia do novo coronavírus, Alex articulou, votou e apoiou o corte de 30% do salário dos parlamentares e 40% das verbas de gabinete, reduzindo assim o gasto da Assembleia Legislativa para garantir a destinação da quantia de R$ 320 milhões para combater a covid-19.

Neste primeiro Persona de 2022, o parlamentar falou ao Jornal de Piracicaba das ações desempenhadas e projetos apresentados à Alesp ao longo dos três anos de mandato, do impacto da covid-19 na economia e na saúde e como o Poder Legislativo atuou no enfrentamento da pandemia. Alex de Madureira falou da relação com o Governo do Estado de São Paulo, apoio à pré candidatura do vice-governador Rodrigo Garcia e admitiu ser pré-candidato à reeleição na disputa deste ano.

Na entrevista, Alex fala das conquistas para Piracicaba e Região e faz uma avaliação da importância da RMP (Região Metropolitana de Piracicaba) instituída ano passado pelo Governo do Estado.

Em 2021 foi instaurada a RMP–Região Metropolitana de Piracicaba – em sua opinião, quais as vantagens para Piracicaba e os municípios na região fazerem parte desse núcleo?

As principais vantagens da RMP (Região Metropolitana de Piracicaba) é a união dos municípios. Piracicaba (cidade sede desta região) antes já era buscada por moradores de outros municípios por sua capacidade de atendimento em saúde, educação e comércio. Agora como cidade sede, organizada, atua no acolhimento destas demandas e será crucial para as ações do Estado em todas as outras cidades. Os impactos e melhorias para a vida das pessoas com essa união serão os investimentos já anunciados pelo Governo, também com avanços para o transporte metropolitano e a vinda de equipamentos do Estado para essa Região, como o escritório administrativo do Estado que atua diretamente com as prefeituras. Essa criação da RMP demonstra a importância política e econômica dos nossos municípios, com representatividade e precisam continuar tendo, pois essa é uma importante questão. Região que ganha a notoriedade do Governo do Estado e Federal, desta forma, esperamos que programas e equipamentos presentes em outras regiões sejam instalados na nossa RMP.

Quais as principais conquistas o senhor aponta para a Região nesses três anos de seu mandato na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo)?

São inúmeras, como piracicabano e morador de Piracicaba tive uma atenção especial para nossa Região. Para Piracicaba são praticamente R$ 7 milhões de Emendas de minha autoria, assim como para outras cidades que atuamos como Rio Claro, Limeira, Águas de São Pedro, Araras, Charqueada, Iracemápolis, Leme, Mombuca, Rafard, Rio das Pedras, Santa Gertrudes, São Pedro e outras que terão a recente conquista do anúncio do Estado da construção do reservatório de água no Rio Corumbataí. Para Piracicaba, como exemplo destinei emendas para a APAE (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais); o AME (Ambulatório Médico de Enfermidades); a Santa Casa de Piracicaba; o HFC — Hospital dos Fornecedores de Cana; para a reforma do Centro Comunitário do bairro Parque Orlanda; obras no Estádio Municipal Barão da Serra Negra; a destinação de um veículo para atender as ocorrências do Setor de Direito Animal da Guarda Civil; para o Lar dos Velhinhos investir na aquisição de novos equipamentos; para a reforma do prédio que sediará o Banco de Alimentos; para a obra de revitalização e modernização da praça João Alfredo, no distrito de Ártemis; e para projetos de cultura, infraestrutura e educação. Durante a pandemia conquistei a destinação de cestas básicas ao Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba — e antes da pandemia já tinha pleiteado ao Estado a implementação do Programa Bom Prato. Visitei o Simespi e a Coplacana para conhecer e ajudar em suas demandas. Visitei as escolas acompanhado do secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares, para a implementação do Programa de Ensino Integral—PEI, em todas as escolas da cidade, além de reunir-me com os diretores e coordenador de ensino da região para ajudar em diversas outras demandas, como a necessidade de reformas e até mesmo a construção de novas escolas. Na Secretaria de Segurança do Estado buscamos a ampliação de atendimento da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) de Piracicaba para 24 horas, e a destinação de armamento das polícias Civil e Militar para o uso da nossa Guarda Municipal. Para o HRP (Hospital Regional de Piracicaba) Dra. Zilda Arns, conquistei a liberação do recurso de R$ 3 milhões para a manutenção dos leitos de atendimento a pacientes da covid-19 e a confirmação da ampliação da capacidade de atendimento, que corresponderá a 100%. Outro fator de destaque para nossa região foi a realização da 1ª audiência pública para discutir o Orçamento Estadual de 2022, na Câmara Municipal de Piracicaba, presidida por mim, que acolheu as demandas da região para o Orçamento do Estado.

O senhor assumiu a cadeira na Alesp e no ano seguinte teve início a pandemia do novo coronavírus. A crise da saúde alterou seus projetos e cronograma de trabalho?

Já no início de 2020 e ao longo de 2021 tivemos a pandemia e foram anos muito difíceis. Nossa maior contribuição como parlamentar foi idealizar, apoiar e aprovar o corte de 30% do salário dos parlamentares, 40% das verbas de gabinete e também corte em contratos da Assembleia gerando uma redução de R$ 320 milhões destinados para hospitais combater a covid-19, e também na compra de cestas básicas para os municípios. A única Assembleia do país que teve essa iniciativa. Durante a pandemia continuamos trabalhando on-line para aprovar projetos de combate a pandemia, calamidade pública e destinação de recursos importantes. Atualmente já estamos trabalhando 100% no presencial.

Como o senhor avalia o Governo Estadual nesses três anos? O senhor apoiou as iniciativas do governador João Doria (PSDB), vai apoiar o candidato do governo nas eleições?

Eu avalio o governo estadual como um governo com acertos e erros, com a posição de retroceder quando é necessário. O atual governo ouve os deputados estaduais em suas ações e eu acredito que mais acertou do que errou, principalmente em relação à vacina, penso que foi uma conquista importante para São Paulo. O Estado saiu na frente na questão da vacinação e na produção da vacina em território nacional. Fico imaginando se nós não tivéssemos tido a fabricação de vacinas em São Paulo como teria sido difícil nosso avanço no combate à pandemia em relação aos outros países. Foi uma ação corajosa do governo. Com atitudes importantes e reformas, o Estado teve condições para investir em saúde e infraestrutura durante a pandemia, e tem anúncios importantes para 2022, com a retomada da economia. Ações possíveis graças à reforma da previdência e reforma administrativa, que tive a oportunidade de relatar, assim como o Orçamento do Estado, que trabalhamos para beneficiar também nossa Piracicaba e Região. Tenho o compromisso de apoiar o vice-governador Rodrigo Garcia em sua pré-candidatura ao Estado.

Para este ano de 2022, o último de seu primeiro mandato, qual ou quais projetos o senhor pretende apresentar na Assembleia Legislativa, levando em conta que ainda há o enfrentamento da pandemia e também vai ser um ano político?

Um ano que nós ainda iniciamos com ações no combate à pandemia, mas com a esperança de que as coisas comecem a voltar ao normal. O ano de 2022 será para pensar no crescimento econômico, na retomada do emprego e da renda para a população prejudicada nos dois últimos anos. Dando mais condições aos nossos comércios e poder de investimentos, fazendo com que a
economia possa voltar a crescer novamente e nossa cadeia produtiva volte a pulsar. Com isso nós esperamos que os preços à população diminuam com a redução da inflação. Nós sabemos que os fatores externos também serão importantes nesse movimento, como a diminuição do valor do dólar que ficou muito acima do esperado. Um ano muito importante para o rumo que nosso Estado e País irão tomar, onde iremos ter eleições estaduais e federais. Eu sou pré-candidato a deputado estadual para que nossas pautas continuem sendo defendidas e a população continue tendo nosso mandato a sua disposição. Nós estamos trabalhando muito forte para que os municípios do nosso Estado e a população sejam ouvidos e tenham suas reivindicações atendidas, principalmente Piracicaba e Região. Minha eleição em 2018 foi bastante pulverizada em todo o Estado mas, eu decidi que Piracicaba teria uma dedicação especial do meu mandato. Por ser piracicabano, ter minha família toda aqui e residir na cidade, eu tenho a obrigação de continuar trabalhando para que nosso município e nossa Região tenham cada vez mais investimentos e serviços públicos de qualidade.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

2 × 3 =